...
sábado ,15 junho 2024
Home / Noticias / PF combate fraude e lavagem de dinheiro em 4 estados e no DF

PF combate fraude e lavagem de dinheiro em 4 estados e no DF

Bra­sí­lia (DF), 26/04/2023 — Facha­da da sede da Polí­cia Fede­ral. Foto: Mar­ce­lo Camargo/Agência Bra­sil

Operação Hefesto desasticula organização que fraudava licitações


Publi­ca­do em 01/06/2023 — 08:15 Por Pau­la Labois­siè­re – Repór­ter da Agên­cia Bra­sil — Bra­sí­lia

ouvir:

A Polí­cia Fede­ral (PF) defla­grou, na manhã des­ta quin­ta-fei­ra (1º), a Ope­ra­ção Hefes­to para desar­ti­cu­lar uma orga­ni­za­ção cri­mi­no­sa sus­pei­ta de pra­ti­car cri­mes de frau­de em lici­ta­ção e lava­gem de dinhei­ro em Ala­go­as. 

Cer­ca de 110 poli­ci­ais e 13 ser­vi­do­res da Con­tro­la­do­ria-Geral da União (CGU) cum­prem 27 man­da­dos de bus­ca e apre­en­são, sen­do 16 em Maceió, oito em Bra­sí­lia, um em Gra­va­tá (PE), um em São Car­los (SP) e um em Goi­â­nia, além de dois man­da­dos de pri­são tem­po­rá­ria em Bra­sí­lia – todos expe­di­dos pela 2ª Vara Fede­ral da Seção Judi­ciá­ria de Ala­go­as.

De acor­do com a PF, os cri­mes teri­am ocor­ri­do entre 2019 e 2022, duran­te a rea­li­za­ção de pro­ces­sos lici­ta­tó­ri­os, ade­sões a atas de regis­tro de pre­ços e cele­bra­ções con­tra­tu­ais rela­ci­o­na­das ao for­ne­ci­men­to de equi­pa­men­tos de robó­ti­ca para 43 muni­cí­pi­os ala­go­a­nos. Os recur­sos seri­am oriun­dos do Fun­do Naci­o­nal do Desen­vol­vi­men­to da Edu­ca­ção (FNDE).

“As cita­das con­tra­ta­ções teri­am sido ili­ci­ta­men­te dire­ci­o­na­das a uma úni­ca empre­sa for­ne­ce­do­ra dos equi­pa­men­tos de robó­ti­ca”, infor­mou a cor­po­ra­ção em nota.

Tam­bém foi deter­mi­na­do o seques­tro de bens móveis e imó­veis dos inves­ti­ga­dos, no valor de R$ 8,1 milhões, e a sus­pen­são de pro­ces­sos lici­ta­tó­ri­os e con­tra­tos admi­nis­tra­ti­vos cele­bra­dos entre a empre­sa inves­ti­ga­da e os muni­cí­pi­os ala­go­a­nos que rece­be­ram recur­sos do FNDE para aqui­si­ções de equi­pa­men­tos de robó­ti­ca.

Ain­da segun­do a PF, as frau­des e o super­fa­tu­ra­men­to gera­ram pre­juí­zo ao erá­rio de R$ 8,1 milhões, além de sobre­pre­ço, com danos poten­ci­ais de R$ 19,8 milhões.

Edi­ção: Gra­ça Adju­to

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Nova vítima das enchentes é encontrada no RS; mortes chegam a 173

Repro­du­ção: © Rafa Neddermeyer/Agência Bra­sil Corpo encontrado em Roca Sales ainda não foi identificado Publicado …