...
quarta-feira ,28 fevereiro 2024
Home / Política / Poderes estão vigilantes contra “traidores da pátria”, diz Pacheco

Poderes estão vigilantes contra “traidores da pátria”, diz Pacheco

Repro­du­ção: © Foto Lula Marques/ Agên­cia Bra­sil

Presidente do Congresso chamou golpistas de inimigos da democracia


Publi­ca­do em 08/01/2024 — 17:29 Por Caro­li­na Pimen­tel — Repór­ter da Agên­cia Bra­sil — Bra­sí­lia

ouvir:

O pre­si­den­te do Con­gres­so Naci­o­nal, sena­dor Rodri­go Pache­co (PSD-MG), dis­se nes­ta segun­da-fei­ra (8) que os Três Pode­res estão vigi­lan­tes para que ata­ques como o de 8 de janei­ro de 2023 não se repi­tam no país.  

“Os pode­res per­ma­ne­cem vigi­lan­tes con­tra trai­do­res da pátria, con­tra essa mino­ria que dese­ja tomar o poder ao arre­pio da Cons­ti­tui­ção”, afir­mou Pache­co na cerimô­nia Demo­cra­cia Ina­ba­la­da, rea­li­za­da no Sena­do Fede­ral, para rea­fir­mar o Esta­do Demo­crá­ti­co no país 1 ano após a inva­são do Palá­cio do Pla­nal­to, do Con­gres­so Naci­o­nal e do Supre­mo Tri­bu­nal Fede­ral (STF).

“Esta­re­mos sem­pre aber­tos ao deba­te, ao plu­ra­lis­mo e ao dis­sen­so. Nun­ca tole­ra­re­mos a vio­lên­cia, o gol­pis­mo, o exer­cí­cio arbi­trá­rio de razões, o des­res­pei­to à von­ta­de do povo bra­si­lei­ro”, des­ta­cou.

Pache­co cha­mou os gol­pis­tas de “os ini­mi­gos da demo­cra­cia” e que, segun­do ele, recor­rem à desin­for­ma­ção, ao van­da­lis­mo, ao ódio para recru­tar par­ce­la da soci­e­da­de e usam fal­so dis­cur­so polí­ti­co para che­ga­rem ao poder e se man­te­rem de for­ma ile­gí­ti­ma.

“As ins­ti­tui­ções repu­bli­ca­nas, por outro lado, são ver­da­dei­ra­men­te for­tes. For­tes por­que res­pal­da­das pelo mais ele­men­tar dos pode­res: aque­le que ema­na do povo. Quem tem for­ça, não pre­ci­sa demons­trá-la de manei­ra vã. Quem tem for­ça não recor­re à bra­va­ta. Quem tem for­ça tem res­pal­do popu­lar, tem res­pal­do da lei e da Cons­ti­tui­ção”, afir­mou.

Pache­co defen­deu ain­da a união de todos para supe­rar a pola­ri­za­ção polí­ti­ca ins­ta­la­da atu­al­men­te no Bra­sil. “Só assim vamos ven­cer a pola­ri­za­ção que nos divi­de e nos enfra­que­ce enquan­to nação”.

O pre­si­den­te do Con­gres­so anun­ci­ou a reti­ra­da das gra­des que cir­cun­dam o pré­dio des­de os ata­ques do ano pas­sa­do, como for­ma de mos­trar que o Legis­la­ti­vo é um poder aber­to ao povo bra­si­lei­ro.

No iní­cio da cerimô­nia, os pre­si­den­tes Luiz Iná­cio Lula da Sil­va e Pache­co rei­nau­gu­ra­ram a vol­ta de obra de Bur­le Marx, cri­a­da em 1973, e que foi van­da­li­za­da em 8 de janei­ro. A tape­ça­ria foi res­tau­ra­da e retor­nou ao patrimô­nio do Sena­do. Além des­sa obra, foi apre­sen­ta­da a répli­ca da Cons­ti­tui­ção, fur­ta­da da sede do Supre­mo no mes­mo dia. O docu­men­to foi recu­pe­ra­do sem qual­quer dano.

» Cli­que aqui e con­fi­ra as maté­ri­as da Agên­cia Bra­sil sobre um ano da ten­ta­ti­va de gol­pe

Edi­ção: Fer­nan­do Fra­ga

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Relembre o passo a passo da tentativa de golpe no 8/1

Repro­du­ção: © Mar­ce­lo Camargo/Agência Bra­sil Acampamento no Setor Militar serviu de base para terroristas Publi­ca­do …