...
sábado ,15 junho 2024
Home / Noticias / Polícia Federal combate fraudes em aposentadorias rurais

Polícia Federal combate fraudes em aposentadorias rurais

Repro­du­ção: © Mar­ce­lo Camargo/Agência Bra­sil

Economia com revisão de benefícios indevidos é de R$ 3,9 milhões


Publi­ca­do em 11/07/2023 — 09:27 Por Agên­cia Bra­sil — Bra­sí­lia

ouvir:

Para com­ba­ter frau­des em apo­sen­ta­do­ri­as por ida­de de tra­ba­lha­do­res rurais, a Polí­cia Fede­ral (PF) está cum­prin­do nes­ta ter­ça-fei­ra (11) man­da­dos judi­ci­ais de bus­ca e apre­en­são em ende­re­ços dos inves­ti­ga­dos na cida­de de Ale­xâ­nia, em Goiás. Os man­da­dos foram expe­di­dos pela 2ª Vara Fede­ral da Sub­se­ção Judi­ciá­ria de Aná­po­lis. 

A Coor­de­na­ção-Geral de Inte­li­gên­cia Pre­vi­den­ciá­ria e Tra­ba­lhis­ta (CGINT) esti­ma que as frau­des tenham cau­sa­do um pre­juí­zo de mais de R$ R$ 624 mil aos cofres públi­cos.

“A eco­no­mia pro­por­ci­o­na­da com a revi­são des­ses bene­fí­ci­os con­ce­di­dos inde­vi­da­men­te, con­si­de­ran­do-se a expec­ta­ti­va de vida pro­je­ta­da pelo Ins­ti­tu­to Bra­si­lei­ro de Geo­gra­fia Esta­tís­ti­ca (IBGE), alcan­ça o pata­mar de R$ 3,9 milhões”, infor­mou a CGINT.

Advogados envolvidos

As inves­ti­ga­ções da segun­da fase da Ope­ra­ção Notas Fis­cais Fal­sas apu­ra­ram que dois advo­ga­dos seri­am res­pon­sá­veis por deman­dar a Jus­ti­ça Fede­ral por meio de ações judi­ci­ais ins­truí­das com docu­men­tos ide­o­ló­gi­ca e mate­ri­al­men­te fal­sos.

Segun­do a PF, as frau­des per­mi­ti­am a con­ces­são de apo­sen­ta­do­ri­as espe­ci­ais (apo­sen­ta­do­ria por ida­de rural) a pes­so­as que não pre­en­chi­am os requi­si­tos legais para a con­ces­são do bene­fí­cio.

Edi­ção: Kle­ber Sam­paio

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Nova vítima das enchentes é encontrada no RS; mortes chegam a 173

Repro­du­ção: © Rafa Neddermeyer/Agência Bra­sil Corpo encontrado em Roca Sales ainda não foi identificado Publicado …