...
sexta-feira ,1 março 2024
Home / Noticias / Postos médicos atendem 309 pessoas no réveillon de Copacabana

Postos médicos atendem 309 pessoas no réveillon de Copacabana

Repro­du­ção: © Pre­fei­tu­ra do Rio

Maioria dos atendidos tinha mal-estar, traumas e intoxicação alcoólica


Publi­ca­do em 01/01/2024 — 10:56 Por Cris­ti­na Índio do Bra­sil — Repór­ter da Agên­cia Bra­sil — Rio de Janei­ro

ouvir:

Os pos­tos médi­cos ins­ta­la­dos pela Secre­ta­ria Muni­ci­pal de Saú­de (SMS) do Rio na orla de Copa­ca­ba­na, para a fes­ta do réveil­lon 2024, aten­de­ram 309 pes­so­as, entre as 17h30 do domin­go (31) e as 5h des­ta segun­da-fei­ra (1°). Segun­do a secre­ta­ria, a mai­o­ria dos aten­di­dos tinha mal-estar, trau­mas como que­das, pan­ca­das, cor­tes e into­xi­ca­ção alcoó­li­ca. Do total, 46 paci­en­tes tive­ram que ser trans­fe­ri­dos para hos­pi­tais da rede públi­ca.

O esque­ma espe­ci­al incluiu qua­tro pos­tos médi­cos, com cer­ca de 300 pro­fis­si­o­nais de saú­de, entre médi­cos, enfer­mei­ros, téc­ni­cos de enfer­ma­gem, fun­ci­o­ná­ri­os ope­ra­ci­o­nais e admi­nis­tra­ti­vos dos pos­tos, maquei­ros e equi­pes das 30 ambu­lân­ci­as. Em cada um dos veí­cu­los havia médi­cos, enfer­mei­ros e moto­ris­tas. Para aten­der à deman­da da fes­ta de pas­sa­gem do ano, a SMS refor­çou os plan­tões nas uni­da­des de Pron­to Aten­di­men­to (UPA) e hos­pi­tais da capi­tal.

Nos dias que ante­ce­de­ram a fes­ta, os qui­os­ques na Praia de Copa­ca­ba­na rece­be­ram vis­to­ria do Ins­ti­tu­to de Vigi­lân­cia Sani­tá­ria (IVI­SA-Rio) para garan­tir as con­di­ções higi­ê­ni­co-sani­tá­ri­as dos ali­men­tos for­ne­ci­dos nes­ses locais. Na ação, que ocor­reu entre os dias 15 e 27 de dezem­bro, foram ins­pe­ci­o­na­dos 51 qui­os­ques na orla. “Os pos­tos médi­cos e as ambu­lân­ci­as tam­bém foram ins­pe­ci­o­na­dos pelo órgão”, infor­mou a secre­ta­ria em nota.

Primeiros cariocas

Enquan­to as cele­bra­ções se espa­lha­vam em vári­os pon­tos do Rio, 2024 tra­zia os pri­mei­ros cari­o­cas em mater­ni­da­des da zona oes­te da cida­de. A meni­na Ely­sa não espe­rou nenhum minu­to e nas­ceu à 0h, bem na pas­sa­gem do ano. Dois minu­tos depois foi a vez de Pie­tro che­gar.

Primeiros bebês cariocas de 2024 - Elysa - Pedro II. Foto: Arquivo Pessoal
Repro­du­ção: Pri­mei­ros bebês cari­o­cas de 2024 — Ely­sa — Foto: Arqui­vo pes­so­al

De acor­do com a SMS, Ely­sa veio ao mun­do de par­to cesá­rea, no Hos­pi­tal Muni­ci­pal Pedro II, com 2.550kg e 47cm. “A mamãe Maya­ra e o papai Gil­mar fica­ram mui­to emo­ci­o­na­dos e agra­de­ce­ram o aco­lhi­men­to e apoio da equi­pe do hos­pi­tal na che­ga­da da pri­mei­ra filha do casal”, con­tou, em nota, a secre­ta­ria.

Pie­tro nas­ceu de par­to natu­ral no Hos­pi­tal Muni­ci­pal Albert Schweit­zer, em Rea­len­go, com 45 cm e 2.615kg. “O bebê nas­ceu de uma gra­vi­dez pla­ne­ja­da e é o quar­to filho do casal Die­len e Rômu­lo”.

Primeiros bebês cariocas de 2024 - Pietro - Albert Schweitzer. Foto: Arquivo Pessoal
Repro­du­ção: Pri­mei­ros bebês cari­o­cas de 2024 — Pie­tro — Foto Arqui­vo pes­so­al

“Inde­pen­den­te­men­te da for­ma que vie­ram ao mun­do e dos minu­tos de dife­ren­ça, o títu­lo de pri­mei­ro bebê cari­o­ca de 2024 é com­par­ti­lha­do entre os dois”, com­ple­tou a pas­ta.

Edi­ção: Gra­ça Adju­to

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Bolsonaro volta a pedir afastamento de Moraes de inquérito sobre golpe

Repro­du­ção: © Mar­ce­lo Camargo/Agência Bra­sil Recurso deverá ser apreciado pelo presidente do STF Publi­ca­do em …