...
quarta-feira ,24 julho 2024
Home / Justiça / Powerpoint leva STF a manter indenização de Deltan para Lula

Powerpoint leva STF a manter indenização de Deltan para Lula

Repro­dução: © Antônio Cruz/ Agên­cia Brasil

Decisão foi por unanimidade


Publicado em 11/06/2024 — 15:42 Por André Richter — Repórter da Agência Brasil — Brasília

ouvir:

A Primeira Tur­ma do Supre­mo Tri­bunal Fed­er­al (STF) (foto) man­teve nes­ta terça-feira (11), em Brasília, decisão que con­de­nou o ex-procu­rador da Oper­ação Lava Jato, Deltan Dal­lagnol, a ind­enizar em R$ 75 mil o pres­i­dente Luiz Iná­cio Lula da Sil­va pelo “caso do pow­er­point”.

Por una­n­im­i­dade, o cole­gia­do decid­iu man­ter a decisão indi­vid­ual da min­is­tra Cár­men Lúcia, que tam­bém rejeitou a anu­lação da con­de­nação. A votação ocor­reu no plenário vir­tu­al.

A decisão da tur­ma foi obti­da com placar unân­ime. Além de Car­men Lúcia, os min­istros Alexan­dre de Moraes, Luiz Fux e Flávio Dino tam­bém votaram para man­ter a ind­eniza­ção. O min­istro Cris­tiano Zanin não par­ticipou da votação e se declar­ou impe­di­do.

Acusação

Em 2016, então chefe da força-tare­fa da Lava Jato, Dal­lagnol fez uma apre­sen­tação de pow­er­point para acusar Lula, que era inves­ti­ga­do pela oper­ação, de chefi­ar uma orga­ni­za­ção crim­i­nosa. Pos­te­ri­or­mente, os proces­sos foram anu­la­dos após o STF con­sid­er­ar o ex-juiz Ser­gio Moro par­cial na con­dução da inves­ti­gação.

Em março de 2022, o Supe­ri­or Tri­bunal de Justiça (STJ) con­de­nou Deltan Dal­lagnol ao paga­men­to de R$ 75 mil em danos morais a Lula.

Na ocasião, Cris­tiano Zanin, ex-advo­ga­do de Lula e atu­al min­istro do STF, ques­tio­nou a con­du­ta fun­cional de Dal­lagnol. Segun­do ele, o ex-procu­rador e out­ros inte­grantes da Lava Jato usaram a apre­sen­tação de pow­er­point para acusar o ex-pres­i­dente de atu­ar como “coman­dante e mae­stro de uma orga­ni­za­ção crim­i­nosa.”

Edição: Kle­ber Sam­paio

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

STF: ação contra acusados do assassinato de Marielle começa a tramitar

Repro­dução: © Fabio Rodrigues-Pozze­bom/ Agên­cia Brasil Réus terão cinco dias para apresentar defesa prévia Publicado …