...
sábado ,15 junho 2024
Home / Direitos Humanos / Programa de apoio ao etnodesenvolvimento começará em junho

Programa de apoio ao etnodesenvolvimento começará em junho

Repro­du­ção: © Mar­cel­lo Casal Jr / Agên­cia Bra­sil

As ações serão financiadas com orçamento do MDA


Publicado em 20/05/2024 — 09:09 Por Fabíola Sinimbú — Repórter da Agência Brasil — Brasília

Após anun­ci­ar o Pro­gra­ma de Apoio e For­ta­le­ci­men­to ao Etno­de­sen­vol­vi­men­to (Pafe) duran­te o 2º Ato Aqui­lom­bar, ocor­ri­do na últi­ma quin­ta-fei­ra (16) em Bra­sí­lia, o Minis­té­rio do Desen­vol­vi­men­to Agrá­rio e Agri­cul­tu­ra Fami­li­ar (MDA) defi­niu que as ações ini­ci­a­rão em 3 de junho. O obje­ti­vo da polí­ti­ca públi­ca é pro­mo­ver inclu­são e sus­ten­ta­bi­li­da­de pro­du­ti­va de povos e comu­ni­da­des tra­di­ci­o­nais.

O pro­gra­ma con­tem­pla a ela­bo­ra­ção de pla­nos de ges­tão ter­ri­to­ri­al e ambi­en­tal, aber­tu­ra de cré­di­to e finan­ci­a­men­to para ini­ci­a­ti­vas de povos e comu­ni­da­des tra­di­ci­o­nais, ações de assis­tên­cia téc­ni­ca e exten­são rural e capa­ci­ta­ção em ges­tão que favo­re­çam a for­ma­ção de gru­pos pro­du­ti­vos.

As ações serão finan­ci­a­das com orça­men­to do MDA e serão coor­de­na­das pela Secre­ta­ria de Ter­ri­tó­ri­os e Sis­te­mas Pro­du­ti­vos Qui­lom­bo­las e Tra­di­ci­o­nais, além de moni­to­ra­das pelo Comi­tê Per­ma­nen­te dos Povos e Comu­ni­da­des Tra­di­ci­o­nais do Con­se­lho Naci­o­nal de Desen­vol­vi­men­to Rural Sus­ten­tá­vel.

De acor­do com a por­ta­ria, publi­ca­da no Diá­rio Ofi­ci­al da União des­ta segun­da-fei­ra (20), serão fomen­ta­dos pla­nos e pro­je­tos que visem a gera­ção de ren­da com base na agri­cul­tu­ra fami­li­ar, rela­ção com o ter­ri­tó­rio e a valo­ri­za­ção de téc­ni­cas tra­di­ci­o­nais de pro­du­ção.

Entre as metas estão a qua­li­fi­ca­ção das cadei­as pro­du­ti­vas, a dis­se­mi­na­ção de conhe­ci­men­to a par­tir dos sabe­res tra­di­ci­o­nais e vivên­ci­as e a arti­cu­la­ção das ini­ci­a­ti­vas de inves­ti­men­to das ini­ci­a­ti­vas de gover­nos, da soci­e­da­de civil e dos orga­nis­mos inter­na­ci­o­nais.

Edi­ção: Aécio Ama­do

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Rio de Janeiro (RJ) 11/05/2024 - Priscila e seu filho Kayque em foto tirada após terem alta do hospital - Tragédias da mineração: perdas impulsionam mães em luta por justiçaFoto: Priscila Izabel/Arquivo Pessoal

Mães lutam por justiça aos filhos soterrados pela mineração

Repro­du­ção: © Pris­ci­la Izabel/Arquivo Pes­so­al Tragédias em Mariana e Brumadinho ainda tramitam em tribunais Publicado …