...
sábado ,15 junho 2024
Home / Educação / Prouni: inscrição na lista de espera termina hoje

Prouni: inscrição na lista de espera termina hoje

unb_cotas_2

© Mar­cel­lo Casal jr/Agência Bra­sil (Repro­du­ção)

Resultado será no dia 5 de março e matrícula, de 8 a 12


Publi­ca­do em 02/03/2021 — 06:00 Por Pedro Peduz­zi — Repór­ter da Agên­cia Bra­sil — Bra­sí­lia

Ter­mi­na hoje (2) o pra­zo para ins­cri­ção na lis­ta de espe­ra por bol­sas de estu­do do Pro­gra­ma Uni­ver­si­da­de para Todos (Prou­ni). As ins­cri­ções devem ser fei­tas com núme­ro e senha do Exa­me Naci­o­nal do Ensi­no Médio (Enem), na pági­na de ins­cri­ção do pro­gra­ma.

O resul­ta­do da lis­ta de espe­ra está pre­vis­to para o dia 5 de mar­ço, e as matrí­cu­las deve­rão ser fei­tas no perío­do de 8 a 12 de mar­ço.

O Minis­té­rio da Edu­ca­ção aler­ta que, ao con­trá­rio do que ocor­re na segun­da cha­ma­da, a ins­cri­ção na lis­ta de espe­ra não é auto­má­ti­ca. É, por­tan­to, neces­sá­rio que a ins­cri­ção seja fei­ta pelos can­di­da­tos que par­ti­ci­pa­ram do pro­ces­so sele­ti­vo Prou­ni 2021. Essas vagas não serão aber­tas a novos ins­cri­tos.

O Prou­ni ofe­re­ce, nes­sa edi­ção, 162 mil bol­sas para 13.117 cur­sos em 1.031 ins­ti­tui­ções de ensi­no, loca­li­za­das em todas as uni­da­des fede­ra­ti­vas. Segun­do o Minis­té­rio da Edu­ca­ção, des­se total, 52.839 bol­sas são para cur­sos na moda­li­da­de de edu­ca­ção a dis­tân­cia.

Os cur­sos dis­po­ní­veis na lis­ta de espe­ra vari­am em cada edi­ção. Como os resul­ta­dos da espe­ra vão sen­do divul­ga­dos aos pou­cos, con­for­me a dis­po­ni­bi­li­da­de de vagas, o inte­res­sa­do deve aces­sar o sis­te­ma todos os dias, até o encer­ra­men­to do perío­do, para ver se foi con­tem­pla­do.

O Minis­té­rio da Edu­ca­ção não envia men­sa­gens infor­man­do sobre a apro­va­ção. Caso seja pré-apro­va­do, o can­di­da­to tam­bém deve ficar aten­to ao pra­zo para a apre­sen­tar docu­men­ta­ção exi­gi­da como com­pro­van­tes de ren­da, iden­ti­fi­ca­ção pes­so­al, ende­re­ço e esco­la­ri­da­de.

O Prou­ni é o pro­gra­ma do gover­no fede­ral que ofe­re­ce bol­sas de estu­do, inte­grais e par­ci­ais (50%), em ins­ti­tui­ções par­ti­cu­la­res de edu­ca­ção supe­ri­or. Para ter aces­so à bol­sa inte­gral, o estu­dan­te deve com­pro­var ren­da fami­li­ar bru­ta men­sal de até 1,5 salá­rio míni­mo por pes­soa. Para a bol­sa par­ci­al, a ren­da fami­li­ar bru­ta men­sal deve ser de até três salá­ri­os míni­mos por pes­soa.

É neces­sá­rio tam­bém que o estu­dan­te tenha cur­sa­do o ensi­no médio com­ple­to em esco­la da rede públi­ca ou da rede pri­va­da, des­de que na con­di­ção de bol­sis­ta inte­gral. Pro­fes­so­res da rede públi­ca de ensi­no tam­bém podem dis­pu­tar uma bol­sa e, nes­se caso, não se apli­ca o limi­te de ren­da exi­gi­do dos demais can­di­da­tos.

É pre­ci­so que o can­di­da­to tenha fei­to a edi­ção mais recen­te do Exa­me Naci­o­nal do Ensi­no Médio, tenha alcan­ça­do, no míni­mo, 450 pon­tos de média das notas e não tenha tira­do zero na reda­ção. Excep­ci­o­nal­men­te nes­te ano os estu­dan­tes serão sele­ci­o­na­dos de acor­do com as notas do Enem de 2019, uma vez que as pro­vas do Enem 2020 foram adi­a­das em razão da pan­de­mia de covid-19.

Edi­ção: Gra­ça Adju­to

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

PF apura nova joia ofertada ao Brasil e desviada no governo Bolsonaro

Repro­du­ção: © Rafa Neddermeyer/Agência Bra­sil Peça teria sido negociada em loja nos Estados Unidos Publicado …