...
quarta-feira ,19 junho 2024
Home / Economia / Reserva de ações da Eletrobras com recursos do FGTS acaba às 12h

Reserva de ações da Eletrobras com recursos do FGTS acaba às 12h

Repro­du­ção: © Reuters/Pilar Olivares/Direitos Reser­va­dos

Preço da ação será definido amanhã; liquidação ocorre no dia 14


Publi­ca­do em 08/06/2022 — 06:20 Por Well­ton Máxi­mo – Repór­ter da Agên­cia Bra­sil — Bra­sí­lia

O tra­ba­lha­dor que tem con­ta no Fun­do de Garan­tia do Tem­po de Ser­vi­ço (FGTS) pre­ci­sa ficar aten­to. O pra­zo para reser­var ações da Ele­tro­bras com recur­sos do FGTS aca­ba hoje (8) às 12h. Como a com­pa­nhia está em pro­ces­so de pri­va­ti­za­ção por ven­da de ações, o gover­no está ven­den­do papéis para redu­zir a par­ti­ci­pa­ção na empre­sa a, no máxi­mo, 45%.

Ama­nhã (9), have­rá a defi­ni­ção do pre­ço das ações, em pro­ces­so que envol­ve os fun­dos de inves­ti­men­to, os ban­cos e a Ele­tro­bras. As pes­so­as físi­cas não par­ti­ci­pa­rão do pro­ces­so. No dia 14, ocor­re­rá a liqui­da­ção do inves­ti­men­to, com a par­ce­la apli­ca­da pas­san­do a ser cor­ri­gi­da pela vari­a­ção do pre­ço das ações da empre­sa elé­tri­ca.

A Ele­tro­bras reser­vou até R$ 6 bilhões para que tra­ba­lha­do­res com­prem ações com recur­sos do FGTS. Caso a deman­da supe­re esse valor, have­rá um rateio pro­por­ci­o­nal entre os inves­ti­do­res, e par­te do sal­do reser­va­do pelo tra­ba­lha­dor na ofer­ta públi­ca será devol­vi­da ao Fun­do de Garan­tia.

Variação e riscos

O tra­ba­lha­dor deve ficar aten­to aos ris­cos da ope­ra­ção. Como o mer­ca­do de ações é variá­vel, os papéis da Ele­tro­bras esta­rão sujei­tos às osci­la­ções do mer­ca­do finan­cei­ro. Será pre­ci­so ter paci­ên­cia e obser­var a evo­lu­ção dos papéis no lon­go pra­zo, antes de ven­der as ações quan­do as cota­ções bai­xa­rem e hou­ver pre­juí­zo.

O inves­ti­men­to tem pra­zo míni­mo de um ano. Quem com­prar ações da Ele­tro­bras com o FGTS terá de espe­rar pelo menos 12 meses para se des­fa­zer dos papéis. Após a ven­da, o dinhei­ro vol­ta­rá para a con­ta do FGTS e só pode­rá ser saca­do nas regras atu­ais, como demis­são sem jus­ta cau­sa, finan­ci­a­men­tos de imó­veis, doen­ças gra­ves ou o saque ani­ver­sá­rio (saque que ocor­re uma vez por ano em tro­ca de não ter direi­to a rece­ber o sal­do em caso de demis­são).

Assim como nos demais inves­ti­men­tos em mer­ca­do de capi­tal, have­rá a cobran­ça de 15% de Impos­to de Ren­da. A alí­quo­ta inci­di­rá sobre os ren­di­men­tos aufe­ri­dos entre a data de apli­ca­ção e a data de res­ga­te que exce­de­rem à remu­ne­ra­ção da con­ta vin­cu­la­da do FGTS de cada par­ti­ci­pan­te.

Procedimentos

O tra­ba­lha­dor pode­rá usar até meta­de do sal­do da con­ta do Fun­do de Garan­tia para reser­var ações da esta­tal. Des­sa for­ma, quem tiver sal­do de R$ 40 mil no FGTS só pode­rá des­ti­nar R$ 20 mil para a com­pra das ações da Ele­tro­bras. No caso de o empre­ga­do ter mais de uma con­ta no FGTS, pode­rá usar até 50% do sal­do de cada uma.

O pedi­do de reser­va deve­rá ser fei­to dire­ta­men­te nas pági­nas de ban­cos e de cor­re­to­ras que man­têm Fun­dos Mútu­os de Pri­va­ti­za­ção liga­dos ao FGTS (FMP-FGTS), que inves­tem 90% dos recur­sos em ações da empre­sa a ser pri­va­ti­za­da e os 10% res­tan­te em ren­da fixa. As taxas de admi­nis­tra­ção vari­am con­for­me a ins­ti­tui­ção finan­cei­ra.

Os fun­dos de inves­ti­men­to estão pedin­do limi­te míni­mo de R$ 200 por tra­ba­lha­dor. Des­sa for­ma, é neces­sá­rio ter pelo menos R$ 400 de sal­do nas con­tas do FGTS para par­ti­ci­par da reser­va de ações.

Autorização para consulta

Antes de fazer a ope­ra­ção de reser­va, o tra­ba­lha­dor deve­rá auto­ri­zar que as ins­ti­tui­ções finan­cei­ras con­sul­tem os sal­dos do FGTS e efe­tu­em a reser­va dos valo­res para a apli­ca­ção no FMP-FGTS. O pro­ce­di­men­to deve ser fei­to no apli­ca­ti­vo FGTS, da Cai­xa Econô­mi­ca Fede­ral, dis­po­ní­vel para smartpho­nes e tablets.

Ao abrir o apli­ca­ti­vo, o tra­ba­lha­dor deve cli­car no botão “Auto­ri­zar ban­cos a con­sul­ta­rem seu FGTS”. Em segui­da, deve esco­lher a opção “Apli­ca­ção nos fun­dos mútu­os de pri­va­ti­za­ção FGTS”, sele­ci­o­nar a opção “FMP Ele­tro­bras” e esco­lher uma das deze­nas de admi­nis­tra­do­ras (ban­cos e cor­re­to­ras que ope­ram o FMP) que apa­re­ce­rem. A ins­ti­tui­ção finan­cei­ra esco­lhi­da deve ser a mes­ma em que o tra­ba­lha­dor fará a reser­va.

Na mes­ma tela, é pos­sí­vel simu­lar a apli­ca­ção no FMP-FGTS. O pró­prio apli­ca­ti­vo escla­re­ce que só é per­mi­ti­da a apli­ca­ção com valo­res intei­ros. Des­sa for­ma, o sal­do máxi­mo de 50% do valor de cada con­ta vin­cu­la­da do FGTS deve ser arre­don­da­do para bai­xo, des­con­si­de­ran­do os cen­ta­vos.

Em segui­da, o tra­ba­lha­dor deve ir ao site ou ao apli­ca­ti­vo do ban­co ou da cor­re­to­ra esco­lhi­da fazer a reser­va. Duran­te o pro­ces­so, a admi­nis­tra­do­ra do FMP-FGTS con­sul­ta o sal­do das con­tas do Fun­do de Garan­tia de cada tra­ba­lha­dor for­ne­ci­do pela Cai­xa Econô­mi­ca Fede­ral, con­for­me a auto­ri­za­ção no apli­ca­ti­vo.

Nos últi­mos dias, o apli­ca­ti­vo da Cai­xa apre­sen­tou ins­ta­bi­li­da­de na hora da con­sul­ta do sal­do, impe­din­do a con­clu­são da reser­va. A ori­en­ta­ção é que o tra­ba­lha­dor repi­ta essa eta­pa vári­as vezes até fina­li­zar o pro­ce­di­men­to.

Edi­ção: Gra­ça Adju­to

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Boi de Axixá e Boi da Maioba são atrações de arraial em São Luís (MA)

Repro­du­ção: https://www.saoluis.ma.gov.br  — Arqui­vo Festejos têm início na noite desta sexta-feira Publicado em 14/06/2024 — …