...
segunda-feira ,22 julho 2024
Home / Noticias / Rio Grande do Sul terá instabilidade, temporais e frio neste domingo

Rio Grande do Sul terá instabilidade, temporais e frio neste domingo

Repro­dução: © Bruno Peres/Agência Brasil

Estado emite alertas de inundação dos rios Jacuí e Uruguai


Publicado em 23/06/2024 — 11:07 Por Daniella Almeida — Repórter da Agência Brasil — Brasília

ouvir:

O Insti­tu­to Nacional de Mete­o­rolo­gia (Inmet) infor­mou que, no decor­rer deste domin­go (23), o tem­po ficará instáv­el no Rio Grande do Sul, com pos­si­bil­i­dade de novas pan­cadas de chu­va e a que­da acen­tu­a­da nas tem­per­at­uras entre o fim do dia e segun­da-feira (24). Há ain­da o risco de que­da de grani­zo e rajadas de ven­to aci­ma dos 60 quilômet­ros por hora (km/h).

No norte do esta­do, chove forte na man­hã deste domin­go. E na maior parte do Rio Grande do Sul, o tem­po fica seco no decor­rer do dia, com tem­per­at­uras baixas. Segun­do o Inmet, os acu­mu­la­dos de chu­va aci­ma dos 50 milímet­ros (mm) devem atin­gir a divisa com San­ta Cata­ri­na e o cen­tro-sul do Paraná a par­tir do fim do dia, poden­do causar alguns transtornos.

As condições climáti­cas ocor­rem dev­i­do ao deslo­ca­men­to da frente fria pelo esta­do gaú­cho. Ain­da de acor­do com o insti­tu­to, a mas­sa de ar frio e seco deslo­ca a insta­bil­i­dade para o norte do Rio Grande do Sul, San­ta Cata­ri­na e Paraná durante a segun­da-feira.

Alertas de inundação

Na noite do últi­mo sába­do (22), a Defe­sa Civ­il do Rio Grande do Sul emi­tiu dois aler­tas de inun­dação para as pop­u­lações que resi­dem próx­i­mas a dois rios que atrav­es­sam o esta­do. Os aler­tas são váli­dos por 24h.

O primeiro deles é sobre a ele­vação do rio Jacuí, a par­tir do municí­pio de Cachoeira do Sul. O segun­do aler­ta é sobre uma lenta ele­vação do rio Uruguai a par­tir do municí­pio de São Bor­ja.

O órgão estad­ual ori­en­ta os moradores de áreas com históri­co de alaga­men­tos ou inun­dações que pro­curem sair com ante­cedên­cia das áreas de risco e per­maneçam em locais seguros.

Rios e lagos

O nív­el do lago Guaí­ba, na Usi­na do Gasômetro, no cen­tro de Por­to Ale­gre, às 7h deste domin­go, esta­va em 3,20 met­ros (m), o que cor­re­sponde a 5 cen­tímet­ros aci­ma da refer­ên­cia de aler­ta (3,15 m), nes­ta local­i­dade. O nív­el do Guaí­ba ain­da está abaixo da cota de inun­dação, esta­b­ele­ci­da em 3,6 m.

Porto Alegre

A Defe­sa Civ­il Munic­i­pal de Por­to Ale­gre (RS) emi­tiu, na tarde deste sába­do (22), um aler­ta mete­o­rológi­co pre­ven­ti­vo diante da pos­si­bil­i­dade de tem­pes­tade (entre 20 e 45 milímet­ros por hora ou até 55 milímet­ros por dia), ven­tos inten­sos (entre 40 e 70 quilômet­ros por hora), descar­gas elétri­c­as e even­tu­al que­da de grani­zo.

A prefeitu­ra da cap­i­tal gaúcha infor­mou a pop­u­lação sobre a pos­si­bil­i­dade de ocor­rerem cortes de ener­gia elétri­ca, que­da de árvores e alaga­men­tos.

O aler­ta diz que as condições mete­o­rológ­i­cas podem se pro­lon­gar até o fim da man­hã de segun­da-feira (24).

Diante do mau tem­po, a Defe­sa Civ­il munic­i­pal ori­en­ta à pop­u­lação que acom­pan­he as atu­al­iza­ções da pre­visão do tem­po, se abrigue em local seguro, se afaste de postes, árvores e pla­cas de sinal­iza­ção e pub­lic­itárias, não entre em alaga­men­tos, observe alter­ações nas encostas e, no caso de neces­si­dade, busque auxílio e abri­go tem­porário jun­to a famil­iares ou na estru­tu­ra disponi­bi­liza­da pela prefeitu­ra munic­i­pal.

Emergências

A Defe­sa Civ­il de cada municí­pio pode infor­mar, pelo tele­fone 199, as áreas de risco da local­i­dade e quais medi­das de pre­venção devem ser ado­tadas em casos de peri­go imi­nente. Em caso de emergên­cias, o tele­fone do Cor­po de Bombeiros Mil­i­tar é o 193 e da Polí­cia Mil­i­tar, 190, que man­têm equipes para prestar assistên­cia à pop­u­lação.

Edição: Marce­lo Brandão

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Festival Vale do Café leva música e cultura a municípios do Sul do Rio

Repro­dução: © Prefeitu­ra Munic­i­pal de Vassouras/Direitos reser­va­dos Programação com eventos gratuitos vai até o fim …