...
domingo ,14 abril 2024
Home / Esportes / Rio Open tem dia marcado por lesão do espanhol Carlos Alcaraz

Rio Open tem dia marcado por lesão do espanhol Carlos Alcaraz

Repro­du­ção: © Divulgação/Fotojump/Direitos Reser­va­dos

Brasil chega às quartas com Thiago Monteiro e com Felipe Meligeni


Publi­ca­do em 21/02/2024 — 09:32 Por Mar­cos Alcân­ta­ra – Equi­pe de Espor­tes da TV Bra­sil — Rio de Janei­ro

ouvir:

A ter­ça-fei­ra (20) do Rio Open, o mai­or tor­neio da moda­li­da­de na Amé­ri­ca do Sul, foi mar­ca­do pela chu­va e por algu­mas des­pe­di­das pre­co­ces (do suí­ço Stan Wawrin­ka e do espa­nhol Car­los Alca­raz). Já o Bra­sil se garan­tiu nas quar­tas com Thi­a­go Mon­tei­ro e com Feli­pe Meli­ge­ni.

A ins­ta­bi­li­da­de cli­má­ti­ca no sai­bro cari­o­ca atra­sou o iní­cio dos jogos. Assim, alguns tenis­tas apro­vei­ta­ram para trei­nar. Quan­do a chu­va parou o suí­ço Stan Wawrin­ka estre­ou con­tra o argen­ti­no Facun­do Díaz Acos­ta, cam­peão em Bue­nos Aires na últi­ma sema­na. A tor­ci­da apoi­ou o suí­ço de 38 anos, que come­çou bem o jogo no ATP 500 cari­o­ca. Nas arqui­ban­ca­das dava para ouvir o gri­tos de “olê, olê, olê, olá, wra, wra, wra, wra”. Porém, mes­mo com o apoio da tor­ci­da bra­si­lei­ra, o suí­ço não resis­tiu ao talen­to do argen­ti­no, que fechou o jogo por 2 sets a 0 (par­ci­ais de 7–5 e 5–4) e que terá como pró­xi­mo adver­sá­rio o seu com­pa­tri­o­ta Sebas­ti­an Baez.

Depois a qua­dra lotou para o jogo entre Car­los Alca­raz, da Espa­nha, e o bra­si­lei­ro Thi­a­go Mon­tei­ro. Mas o jogo durou ape­nas 18 minu­tos. O núme­ro dois do mun­do sofreu uma lesão no tor­no­ze­lo no segun­do game para decep­ção dos fãs bra­si­lei­ros, que espe­ra­vam ver o talen­to do espa­nhol no tor­neio. O cea­ren­se Thi­a­go Mon­tei­ro lamen­tou a lesão do adver­sá­rio: “É estra­nho. Foi o segun­do pon­to do jogo. Ven­do na qua­dra não pare­cia gra­ve, mas vi no telão e foi uma tor­ção feia. Ago­ra é tor­cer para a recu­pe­ra­ção dele. É uma estre­la que vem domi­nan­do na nova gera­ção. Eu o admi­ro mui­to”. O bra­si­lei­ro afir­mou que ago­ra é hora de pen­sar no pró­xi­mo adver­sá­rio, o pau­lis­ta Feli­pe Meli­ge­ni, que eli­mi­nou o argen­ti­no Pedro Cachín por 2 sets a 1 (par­ci­ais de 6–2, 3–6 e 6–3).

Nes­ta quar­ta-fei­ra a qua­dra Guga Kuer­ten rece­be o com­ple­men­to da roda­da com a par­ti­da entre o Fran­cês Arthur Fils, núme­ro 36 do ran­king, e o bra­si­lei­ro João Fon­se­ca, de ape­nas 17 anos. Na sequên­cia é a vez de o para­na­en­se Thi­a­go Wild enfren­tar o espa­nhol Jau­me Munar. Já o cam­peão do últi­mo Rio Open, o bri­tâ­ni­co Came­ron Nor­rie, tem pela fren­te o chi­le­no Tomas Bar­ri­os Vera na par­ti­da que fecha a noi­te. Na qua­dra 1 o argen­ti­no Fran­cis­co Cerún­do­lo deci­de con­tra o espa­nhol Albert Ramos-Viño­las a últi­ma vaga nas quar­tas de final do tor­neio. Depois será dis­pu­ta­do um due­lo sér­vio no sai­bro cari­o­ca. Duas Lajo­vic enfren­ta o com­pa­tri­o­ta Las­lo Dere na qua­dra 1 do Rio Open.

Na cha­ve de duplas, Mar­ce­lo Melo e o holan­dês Matwe Mid­del­ko­op jogam con­tra o bra­si­lei­ro Rafa­el Matos e o colom­bi­a­no Nico­las Bar­ri­en­tos. Já o duo naci­o­nal for­ma­do por Fer­nan­do Romo­li e Thi­a­go Wild enca­ra os argen­ti­nos Máxi­mo Gon­za­lez e Andrés Mol­te­ni.

Edi­ção: Fábio Lis­boa

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Brasil fica perto de vaga paralímpica no rúgbi em cadeira de rodas

Repro­du­ção: © Che­rie Harris/WWR/Direitos Reser­va­dos Vitória sobre Holanda leva seleção à semifinal de Qualificatório Publicado …