...
segunda-feira ,22 julho 2024
Home / Noticias / Rio vai adotar mecanismo para controle de enchentes e alagamentos

Rio vai adotar mecanismo para controle de enchentes e alagamentos

Repro­dução: © arqui­vo EBC

Modelo “cidade esponja” é usado em diversas regiões no mundo


Publicado em 04/07/2024 — 06:48 Por Douglas Corrêa — Repórter da Agência Brasil — Rio de Janeiro

ouvir:

A cidade do Rio de Janeiro vai aplicar o con­ceito de “cidade espon­ja” a fim de con­tro­lar enchentes e alaga­men­tos no municí­pio. O mod­e­lo, usa­do em diver­sas cidades do mun­do para evi­tar tragé­dias ambi­en­tais, é o pon­to cen­tral da lei san­ciona­da par­cial­mente nes­sa quar­ta-feira (3) pelo prefeito Eduar­do Paes. A nor­ma pre­vê a adoção de mecan­is­mos sus­ten­táveis de gestão das águas plu­vi­ais (chu­vas).

A final­i­dade é reduzir a sobre­car­ga dos sis­temas tradi­cionais de drenagem e garan­tir maior autossu­fi­ciên­cia hídri­ca ao municí­pio com o reabastec­i­men­to das águas sub­ter­râneas, uma con­se­quên­cia do aumen­to do vol­ume de águas plu­vi­ais nat­u­ral­mente fil­tradas.

Haverá tam­bém a imple­men­tação de pequenos jardins plan­ta­dos com veg­e­tação adap­ta­da, con­heci­dos como “jardins de chu­va”, como um dos mecan­is­mos que serão ado­ta­dos para resi­s­tir aos alaga­men­tos.

O vereador William Siri (PSOL), autor do pro­je­to, expli­ca que o mod­e­lo de “Cidade Espon­ja” con­segue ter resul­ta­dos maiores do que o mod­e­lo con­ven­cional de gestão das águas plu­vi­ais com armazena­men­to e reuti­liza­ção. “A imple­men­tação dess­es mecan­is­mos não ape­nas reduz o risco de inun­dação, mas tam­bém mel­ho­ra a qual­i­dade da água, amplia sua disponi­bil­i­dade e mit­i­ga os efeitos das chamadas ilhas de calor, o que con­tribui para a reg­u­lação da tem­per­atu­ra, aumen­tan­do os espaços verdes aber­tos e, con­se­quente­mente, a qual­i­dade de vida”, disse o par­la­men­tar.

Veto

O prefeito Eduar­do Paes vetou o pará­grafo 5º do arti­go 3º, que esti­ma a imple­men­tação de bueiros ecológi­cos, para evi­tar que o lixo das ruas entre nas gale­rias plu­vi­ais sub­ter­râneas. Com isso, o pro­je­to vai retornar para análise na Câmara dos Vereadores do Rio.

Edição: Graça Adju­to

LOGO AG BRASIL

 

Você pode Gostar de:

Festival Vale do Café leva música e cultura a municípios do Sul do Rio

Repro­dução: © Prefeitu­ra Munic­i­pal de Vassouras/Direitos reser­va­dos Programação com eventos gratuitos vai até o fim …