...
sexta-feira ,1 março 2024
Home / Noticias / São Paulo tem tarde de tempo nublado e abafado

São Paulo tem tarde de tempo nublado e abafado

Repro­du­ção: © Pau­lo Pinto/Agência Bra­sil

Temperatura máxima deve chegar aos 28ºC


Publi­ca­do em 02/01/2024 — 15:31 Por Flá­via Albu­quer­que — Repór­ter da Agên­cia Bra­sil — São Pau­lo

ouvir:

A tar­de des­ta ter­ça-fei­ra (2) come­çou com céu nubla­do, aber­tu­ra de sol e sen­sa­ção de tem­po aba­fa­do em São Pau­lo. Segun­do as esta­ções mete­o­ro­ló­gi­cas auto­má­ti­cas do Cen­tro de Geren­ci­a­men­to de Emer­gên­ci­as (CGE) da pre­fei­tu­ra, a tem­pe­ra­tu­ra máxi­ma média che­ga aos 28ºCelsius © e os meno­res índi­ces de umi­da­de rela­ti­va do ar se apro­xi­mam de 50%. Entre o meio e o fim da tar­de, a entra­da da bri­sa marí­ti­ma favo­re­ce a for­ma­ção de ins­ta­bi­li­da­des que pro­vo­cam chu­vas iso­la­das, rápi­das e de fra­ca inten­si­da­de. 

Para mete­o­ro­lo­gis­tas do CGE, a quar­ta-fei­ra (3) come­ça com sol, vari­a­ção de nuvens e tem­pe­ra­tu­ra em ele­va­ção, poden­do ter for­ma­ção de áre­as de ins­ta­bi­li­da­de que pro­vo­cam chu­va em for­ma de pan­ca­das com inten­si­da­de mode­ra­da a for­te entre o meio da tar­de e o perío­do da noi­te.

Há poten­ci­al para raja­das de ven­to, des­car­gas elé­tri­cas e for­ma­ção de ala­ga­men­tos. A tem­pe­ra­tu­ra míni­ma será de 20ºC e máxi­ma de 30ºC.

Na quin­ta-fei­ra (4), a sen­sa­ção será de tem­po aba­fa­do, com a tem­pe­ra­tu­ra entre 20ºC ao ama­nhe­cer e 28ºC no iní­cio da tar­de. Tam­bém have­rá for­ma­ção de nuvens car­re­ga­das com poten­ci­al de chu­va em for­ma de pan­ca­das que podem pro­vo­car ala­ga­men­tos.

Hidratação para idosos

O aumen­to das tem­pe­ra­tu­ras pode cau­sar desi­dra­ta­ção e, no caso dos ido­sos, a fal­ta da inges­tão de água pode pro­vo­car um qua­dro de con­fu­são men­tal, agi­ta­ção e pros­tra­ção, com ris­co de ton­tu­ra, ocor­rên­cia de que­das e efei­tos na pele, como uma mai­or fla­ci­dez ou apa­rên­cia res­se­ca­da, e nas muco­sas, que tam­bém res­se­cam e podem ficar des­co­ra­das.

A pre­fei­tu­ra aler­ta para que — ao iden­ti­fi­car qual­quer sinal ou sin­to­ma de desi­dra­ta­ção — o ido­so ou o res­pon­sá­vel pro­cu­re uma Uni­da­de de Pron­to Aten­di­men­to (UPA), Assis­tên­cia Médi­ca Ambu­la­to­ri­al (AMA), Uni­da­de Bási­cas de Saú­de (UBS) para fazer uma ava­li­a­ção. Caso seja neces­sá­rio, o ido­so será rei­dra­ta­do por via veno­sa. Se não for pre­ci­so, será ori­en­ta­do a fazer hidra­ta­ção em casa.

“Para pre­ve­nir, é impor­tan­te esti­mu­lar o con­su­mo de líqui­dos, prin­ci­pal­men­te de água. Para ido­sos que vivem com outras pes­so­as, é fun­da­men­tal que esse con­su­mo seja super­vi­si­o­na­do. Em outros casos, é pre­ci­so que o ido­so siga ori­en­ta­ções da equi­pe de saú­de que o acom­pa­nha e não dei­xe de beber água”, ori­en­ta a pre­fei­tu­ra.

Para evi­tar a desi­dra­ta­ção tam­bém é indi­ca­do o uso de rou­pas leves e fres­cas, em teci­dos cla­ros, evi­tar a expo­si­ção ao sol em horá­ri­os de pico (10h às 16h), usar pro­te­tor solar, esti­mu­lar que os exer­cí­ci­os físi­cos sejam fei­tos ao final da tar­de ou iní­cio da manhã e man­ter os ambi­en­tes ven­ti­la­dos.

“Nos dias com bai­xa umi­da­de no ar é indi­ca­do o uso de algum tipo de umi­di­fi­ca­dor. Tam­bém é impor­tan­te man­ter uma ali­men­ta­ção equi­li­bra­da, com refei­ções leves e balan­ce­a­das, ricas em fru­tas e vege­tais com alto teor de água, evi­tan­do refei­ções pesa­das e quen­tes que pos­sam aumen­tar o des­con­for­to tér­mi­co”, fina­li­za a pre­fei­tu­ra.

Edi­ção: Kle­ber Sam­paio

LOGO AG BRASIL

 

 

Você pode Gostar de:

Bolsonaro volta a pedir afastamento de Moraes de inquérito sobre golpe

Repro­du­ção: © Mar­ce­lo Camargo/Agência Bra­sil Recurso deverá ser apreciado pelo presidente do STF Publi­ca­do em …