...
terça-feira ,27 fevereiro 2024
Home / Esportes / Série B: Juventude e Atlético-GO garantem volta à elite do Brasileirão

Série B: Juventude e Atlético-GO garantem volta à elite do Brasileirão

Repro­du­ção: © Gabri­el Tadiotto/EC Juventude/Direitos Reser­va­dos

Já Sampaio Corrêa e Tombense são rebaixados à Série C do ano que vem


Publi­ca­do em 25/11/2023 — 20:22 Por Lin­coln Cha­ves — Repór­ter da EBC — São Pau­lo

ouvir:

A dra­má­ti­ca últi­ma roda­da da Série B do Cam­pe­o­na­to Bra­si­lei­ro ter­mi­nou com ale­gria para as tor­ci­das de Juven­tu­de e Atlé­ti­co-GO. Nes­te sába­do (25), os clu­bes gaú­cho e goi­a­no asse­gu­ra­ram as duas vagas res­tan­tes à Série A e se jun­ta­ram ao Vitó­ria (cam­peão) e Cri­ciú­ma, que tinham garan­ti­do aces­so de for­ma ante­ci­pa­da. Ambos vol­tam à pri­mei­ra divi­são, após terem sido rebai­xa­dos em 2022.

Em con­tra­par­ti­da, os tor­ce­do­res de Sam­paio Cor­rêa e Tom­ben­se não têm o que cele­brar. Os mara­nhen­ses e os minei­ros ter­mi­na­ram a Série B na zona de rebai­xa­men­to e esta­rão na Série C em 2024 — assim como Lon­dri­na e ABC, que tive­ram as res­pec­ti­vas que­das decre­ta­das em roda­das ante­ri­o­res.

A Bolí­via Que­ri­da retor­na ao ter­cei­ro esca­lão do fute­bol bra­si­lei­ro após qua­tro anos. A equi­pe de Tom­bos (MG) des­ce à Série C após duas tem­po­ra­das na segun­da divi­são. Ame­a­ça­dos de rebai­xa­men­to, Cha­pe­co­en­se e Pon­te Pre­ta ven­ce­ram seus com­pro­mis­sos e con­ti­nu­am na Série B em 2024.

Os dez jogos da 38ª e últi­ma roda­da come­ça­ram ao mes­mo tem­po. O pri­mei­ro time a balan­çar as redes foi o Novo­ri­zon­ti­no, que der­ro­tou o Cri­ciú­ma por 2 a 0 no Está­dio Jor­ge Isma­el de Bia­si, em Novo Hori­zon­te (SP). O volan­te Mar­lon e o late­ral Rômu­lo ano­ta­ram os gols do Tigre.

O resul­ta­do colo­ca­ria os pau­lis­tas na Série A, não fos­se a vitó­ria do Juven­tu­de sobre o Cea­rá, por 3 a 1, no Está­dio Pre­si­den­te Var­gas. Os donos da casa saí­ram na fren­te com Jan­der­son e o tam­bém ata­can­te Erick igua­lou para os visi­tan­tes. O empa­te por 1 a 1, que bene­fi­ci­a­va o Novo­ri­zon­ti­no, durou até 36 minu­tos do segun­do tem­po, quan­do o volan­te Jad­son colo­cou os gaú­chos — que esta­vam com um a menos — na dian­tei­ra. O ata­can­te Ruan fechou o pla­car em For­ta­le­za e deu iní­cio à fes­ta alvi­ver­de.

O Juven­tu­de depen­dia somen­te de si para vol­tar à Série A, assim como o Vila Nova. Os goi­a­nos, porém, decep­ci­o­na­ram ao per­de­rem por 3 a 2 para o lan­ter­na ABC, no Fras­quei­rão, em Natal. O zaguei­ro Rafa­el Dona­to, do Tigre goi­a­no, mar­cou três gols na par­ti­da: um con­tra e dois a favor. O meia Thonny Ander­son, do time poti­guar, ano­tou os outros ten­tos do jogo. A der­ro­ta, ali­a­da a outros resul­ta­dos, adi­ou o sonho do Vila retor­nar à pri­mei­ra divi­são, da qual está fora des­de 1985.

Assim como o Novo­ri­zon­ti­no, outra equi­pe a ven­cer, mas que não come­mo­rou aces­so, foi o Sport. O Leão gole­ou o Sam­paio Cor­rêa por 4 a 1, na Ilha do Reti­ro, em Reci­fe. O zaguei­ro Gus­ta­vo Hen­ri­que (con­tra), o volan­te Fabi­nho e os ata­can­tes Fabrí­cio Dani­el e Wan­der­son ano­ta­ram os gols dos anfi­triões — o cen­tro­a­van­te Yta­lo des­con­tou.

No inter­va­lo, o Sport ven­cia por 3 a 0 e até aque­le momen­to apa­re­cia entre os qua­tro pri­mei­ros colo­ca­dos. Após o inter­va­lo, porém, o Atlé­ti­co-GO abriu o mar­ca­dor sobre o Gua­ra­ni no Está­dio Antô­nio Acci­oly, com o meia Dodô, ultra­pas­san­do o rubro-negro de Per­nam­bu­co. O Dra­gão balan­çou as redes mais duas vezes com os ata­can­tes Gus­ta­vo Cou­ti­nho e Matheus Pei­xo­to, decre­tan­do a vitó­ria por 3 a 0 em Goi­â­nia e o aces­so aos goi­a­nos.

O Miras­sol tam­bé ganhou, mas não levou. Os pau­lis­tas visi­ta­ram o Tom­ben­se no Almei­dão e ven­ce­ram por 1 a 0, com gol do zaguei­ro Luiz Otá­vio. O Leão do inte­ri­or de São Pau­lo, estre­an­te na Série B, depen­dia de tro­pe­ços de Novo­ri­zon­ti­no, Juven­tu­de e Atlé­ti­co — que não acon­te­ce­ram — para che­gar à Série A. Os minei­ros, que pre­ci­sa­vam ven­cer, tive­ram a que­da decre­ta­da à Série C.

A Cha­pe­co­en­se, assim como o Tom­ben­se, ini­ci­ou a roda­da na zona de rebai­xa­men­to, mas teve melhor sor­te. O Ver­dão do Oes­te não ape­nas der­ro­tou o Vitó­ria por 3 a 1, na Are­na Con­dá, como se bene­fi­ci­ou da gole­a­da sofri­da pelo Sam­paio. O ata­can­te Wel­der colo­cou o Leão bai­a­no à fren­te, mas o meia Mar­ci­nho, o ata­can­te Kay­ke e o meia Bru­no Nazá­rio sal­va­ram os cata­ri­nen­ses.

A Pon­te Pre­ta tam­bém res­pi­rou ali­vi­a­da ao final des­te sába­do, gra­ças ao triun­fo por 3 a 0 sobre o CRB, no Está­dio Moi­sés Luca­rel­li, em Cam­pi­nas (SP). Os ata­can­tes Pablo Dye­go e Paul Vil­le­ro ano­ta­ram os gols da Maca­ca, que pre­ci­sa­va ven­cer para não depen­der de qual­quer outro resul­ta­do para seguir na segun­da divi­são.

O cam­peão Vitó­ria encer­rou a Série B com 72 pon­tos, segui­do pelo Juven­tu­de, vice, com 65. Cri­ciú­ma e Atlé­ti­co-GO, com 64 pon­tos, com­ple­ta­ram a zona de pro­mo­ção à Série A, com Novo­ri­zon­ti­no, Miras­sol, Sport (os três com 63 pon­tos) e Vila Nova (61) logo atrás. Na par­te de bai­xo, ABC (28), Lon­dri­na (31), Tom­ben­se (37) e Sam­paio (39) des­ce­ram à Série C. Cha­pe e Pon­te, sal­vos, aca­ba­ram com 40 e 42 pon­tos, res­pec­ti­va­men­te.

Outras duas par­ti­das movi­men­ta­ram a últi­ma roda­da da Série B, mas sem impac­to na tabe­la. Na Res­sa­ca­da, em Flo­ri­a­nó­po­lis, Avaí e Itu­a­no não saí­ram do zero. No Está­dio San­ta Cruz, em Ribei­rão Pre­to (SP), o Lon­dri­na bateu o Bota­fo­go-SP por 1 a 0, gol do ata­can­te Wil­li­am Bar­bio.

Edi­ção: Cláu­dia Soa­res Rodri­gues

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

São Paulo receberá etapa da Copa do Mundo de mountain bike eliminator

Repro­du­ção: © Cesar Delong/Shimano Fest/Divulgação/Direitos Reser­va­dos Competição será disputada em agosto no Memorial da América …