...
terça-feira ,18 junho 2024
Home / Noticias / Sobe para 47 número de mortes no Rio Grande do Sul

Sobe para 47 número de mortes no Rio Grande do Sul

Repro­du­ção: © Exér­ci­to Brasileiro/Twitter

Há ainda 46 pessoas desaparecidas, segundo Defesa Civil


Publi­ca­do em 12/09/2023 — 09:22 Por Pedro Peduz­zi — Repór­ter da Agên­cia Bra­sil — Bra­sí­lia

ouvir:

Subiu para 47 o núme­ro de mor­tes em decor­rên­cia das tem­pes­ta­des que atin­gi­ram o Rio Gran­de do Sul. De acor­do com balan­ço divul­ga­do na manhã des­ta ter­ça-fei­ra (12) pela Defe­sa Civil do esta­do, há ain­da 46 pes­so­as desa­pa­re­ci­das.

O últi­mo óbi­to foi regis­tra­do no muni­cí­pio de Coli­nas, que regis­tra duas mor­tes até o momen­to. A cida­de com o mai­or núme­ro de mor­tes é Muçum, com 16 já con­fir­ma­das. Roca Sales con­ta­bi­li­za 11 mor­tos.

Na sequên­cia vem Cru­zei­ro do Sul (5), segui­do de Laje­a­do (3); Coli­nas, Estre­la e Ibi­rai­a­ras (com 2 óbi­tos, cada). Bom Reti­ro do Sul, Encan­ta­do, Imi­gran­te, Mato Cas­te­lha­no, Pas­so Fun­do e San­ta Tere­za regis­tra­ram até o momen­to um óbi­to cada.

Segun­do a Defe­sa Civil, há 46 pes­so­as desa­pa­re­ci­das, sen­do 30 em Muçum; 8 em Laje­a­do e 8 em Arroio do Meio. Até o momen­to, 3.130 pes­so­as foram res­ga­ta­das. Há 4.794 desa­bri­ga­dos e 20.517 desa­lo­ja­dos em decor­rên­cia das chu­vas que afe­ta­ram 97 muni­cí­pi­os e 340.928 pes­so­as, além de dei­xar 925 feri­dos.

Meteorologia

Bole­tim mete­o­ro­ló­gi­co divul­ga­do pela Sala de Situ­a­ção do gover­no do Rio Gran­de do Sul aler­ta sobre “alto volu­me de chu­va e tem­po­rais espe­ra­dos para os pró­xi­mos dias, sobre­tu­do na meta­de sul” do esta­do.

Até sex­ta-fei­ra (15) há, segun­do bole­tim divul­ga­do nes­sa segun­da (11), “ris­co de tem­po seve­ro em gran­de par­te das regiões. Os volu­mes de chu­va podem vari­ar entre 100 milí­me­tros e 200 milí­me­tros nas regiões sul, cam­pa­nha, oes­te, cen­tro, sudes­te, les­te e noro­es­te e ultra­pas­sar 250 milí­me­tros em alguns pon­tos. Além dis­so, o ris­co é alto para que­da de gra­ni­zo, des­car­gas elé­tri­cas e ven­to for­te”.

O ris­co de “tem­po seve­ro” espe­ra­do na meta­de sul do esta­do deve­rá se espa­lhar pela mai­o­ria das regiões nes­ta quar­ta-fei­ra (13), em espe­ci­al na região dos vales e no les­te, além de se man­ter na meta­de sul.

Na quin­ta-fei­ra (14), a expec­ta­ti­va é de “chu­va mode­ra­da a for­te com ven­to, sobre­tu­do na meta­de sul e nas regiões dos vales, noro­es­te, nor­te, les­te e nor­des­te”, infor­ma o bole­tim mete­o­ro­ló­gi­co divul­ga­do pela Sala de Situ­a­ção. “Não são des­car­ta­dos trans­tor­nos asso­ci­a­dos a tem­po­rais iso­la­dos e ele­va­dos acu­mu­la­dos”, acres­cen­ta o bole­tim.

Edi­ção: Gra­ça Adju­to

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Com chuvas previstas para domingo, população de Canoas fica em alerta

Repro­du­ção: © Gus­ta­vo Mansur/ Palá­cio Pira­ti­ni Prefeitura vai reforçar a limpeza de ruas e bocas …