...
sexta-feira ,14 junho 2024
Home / Noticias / Suspenso por 4 anos, programa Natureza Viva volta ao ar neste domingo

Suspenso por 4 anos, programa Natureza Viva volta ao ar neste domingo

Repro­du­ção: © Arqui­vo pes­so­al

Atração será transmitida neste domingo na Nacional da Amazônia, às 9h


Publicado em 01/06/2024 — 14:33 Por Lucas Pordeus León — Repórter da Agência Brasil — Brasília

O pro­gra­ma Natu­re­za Viva, da Rádio Naci­o­nal da Amazô­nia, um dos veí­cu­los da Empre­sa Bra­sil de Comu­ni­ca­ção (EBC), vol­ta ao ar às 9h des­te domin­go (2) após qua­tro anos sus­pen­so. Em 2020, o pro­gra­ma coman­da­do pela jor­na­lis­ta Mara Régia foi tira­do do ar com o iní­cio da pan­de­mia.

Natu­re­za Viva foi cri­a­do em 29 de maio de 1993 com o obje­ti­vo de tra­du­zir para os povos da região amazô­ni­ca o deba­te tra­va­do na cha­ma­da Eco 1992, que dis­cu­tiu, no Rio de Janei­ro, os efei­tos das mudan­ças cli­má­ti­cas e o impe­ra­ti­vo de cons­truir nova eco­no­mia que pre­ser­vas­se o meio ambi­en­te. Era o iní­cio das con­fe­rên­ci­as sobre Mudan­ças Cli­má­ti­cas da Orga­ni­za­ção das Nações Uni­das (ONU), as COPs.

“Jus­to no ano em que a gen­te está pen­san­do em ser refe­rên­cia para o mun­do, à luz da che­ga­da da COP30 ao Bra­sil, em Belém, é impos­sí­vel que a pro­gra­ma­ção das rádi­os se ausen­tas­se des­sa pau­ta de uma for­ma edu­ca­ti­va. É dife­ren­te quan­do você dá uma notí­cia de meio ambi­en­te por­que você não comen­ta, não apro­fun­da, você não des­do­bra o assun­to”, des­ta­cou Mara Régia.

Em sua rees­treia, Mara entre­vis­ta o cli­ma­to­lo­gis­ta Car­los Nobre, ex-dire­tor do Ins­ti­tu­to Naci­o­nal de Pes­qui­sas Espa­ci­ais (Inpe), exo­ne­ra­do no gover­no Bol­so­na­ro. Ele foi esco­lhi­do nes­ta sema­na para inte­grar o gru­po Guar­diões Pla­ne­tá­ri­os (Pla­ne­tary Guar­di­ans). É o pri­mei­ro bra­si­lei­ro a par­ti­ci­par do sele­to gru­po que tra­ba­lha com pro­te­ção ambi­en­tal e popu­la­ções vul­ne­rá­veis.

A atra­ção ain­da entre­vis­ta a can­to­ra e com­po­si­to­ra Kei­lah Diniz — que abor­da os bio­mas Cer­ra­do e Amazô­nia em suas can­ções; e o poe­ta do Cer­ra­do Nico­las Behr.

Suspenso por 4 anos, programa Natureza Viva volta ao ar neste domingo. O programa também conta com uma mensagem da Ministra do Meio Ambiente, Marina Silva. Para a ministra, o Natureza Viva criou uma linguagem de rádio que fala sobre meio ambiente para as populações locais e tradicionais do Brasil. Foto: Mara Régia/Arquivo Pessoal
Repro­du­ção: Minis­tra Mari­na Sil­va, na foto com a jor­na­lis­ta Mara Régia, come­mo­rou o retor­no do pro­gra­ma Natu­re­za Viva — Mara Régia/Arquivo Pes­so­al

O pro­gra­ma tam­bém con­ta com uma men­sa­gem da minis­tra do Meio Ambi­en­te, Mari­na Sil­va. Para a minis­tra, o Natu­re­za Viva cri­ou uma lin­gua­gem de rádio que fala sobre meio ambi­en­te para as popu­la­ções locais e tra­di­ci­o­nais do Bra­sil.

“A lin­gua­gem sim­ples, a capa­ci­da­de de aces­si­bi­li­da­de nos temas por par­te dos mais dife­ren­tes seg­men­tos, se cons­ti­tui uma refe­rên­cia mui­to posi­ti­va na Amazô­nia. Já tive a opor­tu­ni­da­de de par­ti­ci­par mui­tas vezes do pro­gra­ma Natu­re­za Viva, e acho que ago­ra, de vol­ta à Rádio Naci­o­nal da Amazô­nia, dá de novo o sta­tus que ele mere­ce, que é o de poder alcan­çar as vári­as popu­la­ções de serin­guei­ros, índi­os, ribei­ri­nhos, pes­ca­do­res, que­bra­dei­ras de coco, den­tre outros”, des­ta­cou Mari­na.

Impacto popular

Os ouvin­tes fiéis do pro­gra­ma se emo­ci­o­na­ram ao saber do retor­no do Natu­re­za Viva. A tra­ba­lha­do­ra rural e poe­ta Kennya Sil­va, de 46 anos, lem­brou que foi por meio das ondas do pro­gra­ma que ela des­co­briu os pode­res da Morin­ga oleí­fe­ra, plan­ta com pro­pri­e­da­des medi­ci­nais e nutri­ci­o­nais. Em 2003, Mara man­dou semen­tes da Morin­ga para Kennya, que vive em Xin­gua­rá, no Pará.

Kennya Silva
Repro­du­ção: A tra­ba­lha­do­ra rural e poe­ta Kennya Sil­va é ouvin­tes fiel do pro­gra­ma Natu­re­za Viva — Foto Dri­ca

“Mara me deu a árvo­re da vida. A Morin­ga é a plan­ta mais com­ple­ta do mun­do. As pes­so­as não davam o devi­do valor e a impor­tân­cia da Morin­ga. Mas, gra­ças ao seu tra­ba­lho valo­ro­so no rádio, as pes­so­as foram fican­do curi­o­sas sobre essa plan­ta, foram pes­qui­san­do e foram des­co­brin­do a rique­za. E, gra­ças a isso, hoje a gen­te reco­nhe­ce que a gen­te tem ouro em casa plan­ta­do, é o ouro ver­de que é a Morin­ga”, rela­tou ao pro­gra­ma Natu­re­za Viva.

Rica em pro­teí­nas, vita­mi­nas e mine­rais, a Morin­ga é reco­men­da­da aos paí­ses pobres pela Orga­ni­za­ção das Nações Uni­das (ONU), pelo Fun­do das Nações Uni­das para a Infân­cia (Uni­cef) e pela Orga­ni­za­ção Mun­di­al da Saú­de (OMS), devi­do a sua capa­ci­da­de de com­ba­te à des­nu­tri­ção.

Outro ouvin­te fiel é o Cláu­dio Pai­xão, jor­na­lis­ta e pes­qui­sa­dor, que vive em Estrei­to (MA) e cres­ceu ouvin­do a Rádio Naci­o­nal da Amazô­nia.

“A flo­res­ta­nia está em fes­ta com a vol­ta do Natu­re­za Viva. Meu cora­ção rece­beu com mui­ta ale­gria a notí­cia do retor­no do pro­gra­ma”, comen­tou. Para ele, as notí­ci­as sobre o meio ambi­en­te pre­ci­sam de um espa­ço de refle­xão.

“Mais uma vez o pla­ne­ta cha­ma aten­ção para urgên­cia da mudan­ça nas ati­vi­da­des do ser huma­no para fre­ar o aque­ci­men­to glo­bal. Mui­tas das notí­ci­as sobre o meio ambi­en­te são dadas, mas não tive­ram o espa­ço de refle­xão que ape­nas o pro­gra­ma Natu­re­za Viva pro­por­ci­o­na”, des­ta­cou Cláu­dio Pai­xão, ao lem­brar-se do desas­tre cli­má­ti­co no Rio Gran­de do Sul.

Pauta incômoda

O pro­gra­ma Natu­re­za Viva foi sus­pen­so em mar­ço de 2020, logo após a decre­to que deter­mi­nou o iso­la­men­to soci­al em Bra­sí­lia, onde o pro­gra­ma era pro­du­zi­do. Mara Régia dis­se que foi comu­ni­ca­da da sus­pen­são do pro­gra­ma por tele­fo­ne e que ele foi tira­do do ar sem avi­so pré­vio aos ouvin­tes.

Mara lem­brou que outros pro­gra­mas con­ti­nu­a­ram no ar, sen­do fei­tos de casa pelos apre­sen­ta­do­res. Para a jor­na­lis­ta da EBC, o moti­vo da sus­pen­são foi polí­ti­co.

“Eles já esta­vam mui­to atra­ves­sa­dos comi­go. Proi­bi­ram que eu vei­cu­las­se qual­quer coi­sa sobre agro­tó­xi­co nos meus pro­gra­mas. Era níti­do o desin­te­res­se por essa pau­ta, até por­que a boi­a­da esta­va pas­san­do, como bem dis­se o [então] minis­tro do [Meio Ambi­en­te] Ricar­do Sal­les. Então, duran­te toda a ges­tão do gover­no pas­sa­do, eu não fui abso­lu­ta­men­te lem­bra­da”, afir­mou.

Como ouvir

O pro­gra­ma Natu­re­za Viva pode ser ouvi­do pelo apli­ca­ti­vo das Rádi­os EBC; pelo site da Rádio Naci­o­nal da Amazô­nia ou sin­to­ni­zan­do dire­ta­men­te nas ondas dos rádi­os, nas frequên­ci­as 11.780 KHz e 6.180 KHz das ondas cur­tas (OC). O Natu­re­za Viva vai ao ar todo domin­go, das 9h às 10h.

Edi­ção: Juli­a­na Andra­de

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Biodança, ovnis, perucas: com que trabalham as novas profissões

Repro­du­ção: © ABRAÇA/Arquivo Pes­so­al Lista oficial de ocupações foi atualizada pelo Ministério do Trabalho Publicado …