...
sábado ,20 julho 2024
Home / Saúde / Taxa de ocupação de leitos de UTI na rede SUS do Rio mantém-se em 92%

Taxa de ocupação de leitos de UTI na rede SUS do Rio mantém-se em 92%

Hospital de campanha
Hos­pi­tal de cam­pan­ha © Roge­rio Santana/Governo do Rio de Janeiro (Repro­dução)

Em leitos de enfermaria, índice é de 87%


Publicado em 25/12/2020 — 20:45 Por Alana Gandra — Repórter da Agência Brasil — Rio de Janeiro

A taxa de ocu­pação de leitos de unidade de ter­apia inten­si­va (UTI) no municí­pio do Rio de Janeiro para pacientes com a covid-19 na rede do Sis­tema Úni­co de Saúde (SUS) man­tém-se em 92%, infor­mou hoje (25) a Sec­re­taria Munic­i­pal de Saúde. A rede inclui leitos de unidades munic­i­pais, estad­u­ais e fed­erais.

Já a taxa de ocu­pação nos leitos de enfer­maria é de 87%. A rede SUS na cap­i­tal flu­mi­nense tem 1.317 pes­soas inter­nadas em leitos espe­cial­iza­dos, sendo 634 em UTI.

A rede munic­i­pal tem 923 leitos para covid-19, dos quais 293 são de UTI.

Ain­da de acor­do com a sec­re­taria, as unidades da rede munic­i­pal reg­is­tram 590 pacientes inter­na­dos, sendo 280 em UTI.

Segun­do a prefeitu­ra, as pes­soas que aguardam leitos de UTI estão sendo assis­ti­das em leitos das unidades da rede, com o  uso de mon­i­tores e res­pi­radores.

No momen­to, 196 pes­soas aguardam trans­fer­ên­cia para leitos na cap­i­tal e na Baix­a­da Flu­mi­nense, sendo 92 para leitos de UTI covid, infor­mou a Sec­re­taria Munic­i­pal de Saúde do Rio.

Edição: Nádia Fran­co

Agên­cia Brasil / EBC


Você pode Gostar de:

Diabetes não controlado pode causar problemas cardiovasculares

Repro­dução: © Marce­lo Camargo/Agência Brasil Especialista recomenda que as pessoas façam check-ups periódicos Publicado em …