...
sábado ,25 maio 2024
Home / Noticias do Mundo / Taxa de pobreza na Palestina aumentou 20% após bombardeios

Taxa de pobreza na Palestina aumentou 20% após bombardeios

Repro­du­ção: © REUTERS/Ibraheem Abu Mus­ta­fa

Cálculos são do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento


Publi­ca­do em 10/11/2023 — 20:19 Por Eli­a­ne Gon­çal­ves — Repór­ter da Rádio Naci­o­nal — São Pau­lo

ouvir:

Em um mês de bom­bar­dei­os, a taxa de pobre­za em todo ter­ri­tó­rio ocu­pa­do da Pales­ti­na aumen­tou 20%. Além dis­so, o Pro­du­to Inter­no Bru­to (PIB) da região, incluin­do a Cis­jor­dâ­nia, caiu 4,2%. Os cál­cu­los são do Pro­gra­ma das Nações Uni­das para o Desen­vol­vi­men­to (Pnud) e da Comis­são Econô­mi­ca e Soci­al para a Ásia Oci­den­tal.

Cer­ca de 390 mil pes­so­as fica­ram desem­pre­ga­das no esta­do ocu­pa­do. Mais de 5,4 milhões de pes­so­as vivem na região, segun­do o Escri­tó­rio de Esta­tís­ti­ca da Auto­ri­da­de Naci­o­nal Pales­ti­na.

Se a guer­ra con­ti­nu­ar pelo segun­do mês con­se­cu­ti­vo, a taxa de pobre­za pode afe­tar um ter­ço da popu­la­ção, che­gan­do a 34%, e empur­rar mais meio milhão de pes­so­as para a linha de pobre­za.

Além dis­so, o Índi­ce de Desen­vol­vi­men­to Huma­no (IDH) pode ter um atra­so de até 16 anos na Cis­jor­dâ­nia, e na Fai­xa de Gaza de até 19 anos.

Des­de 7 de outu­bro, qua­se 1,5 milhão de pes­so­as das cer­ca de 2,2 milhões que vivem em Gaza sobre­vi­vem em des­lo­ca­men­tos inter­nos. Pra­ti­ca­men­te meta­de das resi­dên­ci­as foram des­truí­das ou dani­fi­ca­das.

Segun­do o levan­ta­men­to, a reces­são econô­mi­ca deve agra­var ain­da mais a situ­a­ção huma­ni­tá­ria.

No estu­do, o Pnud pede ces­sar-fogo ime­di­a­to e a liber­ta­ção de todos os reféns fei­tos pelo Hamas no dia 7 de outu­bro.

Edi­ção: Fer­nan­do Fra­ga

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Supercomputador mais potente do país terá capacidade aumentada

Repro­du­ção: © Divul­ga­ção Expansão do Santos Dumont vai permitir pesquisas mais complexas Publicado em 06/04/2024 …