...
quarta-feira ,28 fevereiro 2024
Home / Economia / Tentativas de fraudes a consumidores passaram de 837 mil em outubro

Tentativas de fraudes a consumidores passaram de 837 mil em outubro

Repro­du­ção: © Mar­cel­lo Casal Jr/Agência Brasil/Arquivo

Segmento com mais ocorrências foi o de bancos e cartões


Publi­ca­do em 29/12/2023 — 11:58 Por Ana Cris­ti­na Cam­pos — Repór­ter da Agên­cia Bra­sil — Rio de Janei­ro

ouvir:

Em outu­bro, foram con­ta­bi­li­za­das 837.419 ten­ta­ti­vas de frau­de con­tra con­su­mi­do­res e empre­sas no Bra­sil, o que cor­res­pon­de a uma a cada 3,2 segun­dos, segun­do o Indi­ca­dor de Ten­ta­ti­vas de Frau­de da Sera­sa Expe­ri­an. Em rela­ção a setem­bro, o aumen­to foi de 2,3%. O seg­men­to com a mai­or par­te das ocor­rên­ci­as foi o de ban­cos e car­tões (50,2%) e o menos visa­do pelos cri­mi­no­sos foi o de ser­vi­ços (28,2%). 

De acor­do com a Sera­sa Expe­ri­an, o cres­ci­men­to nas ten­ta­ti­vas de frau­de nos meses finais do ano é mar­ca­do pelo aumen­to nas com­pras e no uso de cré­di­to. De acor­do com a enti­da­de, mui­tos cri­mi­no­sos ten­tam rou­bar iden­ti­da­des para pedir emprés­ti­mos e abrir con­tas em ban­cos.

“Nes­se cená­rio, a pre­ven­ção de frau­des é uma res­pon­sa­bi­li­da­de com­par­ti­lha­da entre empre­sas, con­su­mi­do­res e auto­ri­da­des regu­la­tó­ri­as e todos devem estar aten­tos para pro­te­ger suas infor­ma­ções pes­so­ais e finan­cei­ras por meio de fer­ra­men­tas efi­ca­zes. A segu­ran­ça e auten­ti­ca­ção em cama­das de pro­te­ção, que envol­ve níveis de tec­no­lo­gia como bio­me­tria faci­al, veri­fi­ca­ção de docu­men­tos, de dis­po­si­ti­vos e iden­ti­da­de, ain­da são a melhor opção para iden­ti­fi­car quem é quem e, de fato, blin­dar pes­so­as e empre­sas con­tra gol­pes”, dis­se o dire­tor de Pro­du­tos de Auten­ti­ca­ção e Pre­ven­ção à Frau­de da Sera­sa Expe­ri­an, Caio Rocha.

Con­su­mi­do­res com ida­des entre 36 e 50 anos (35,8%) foram os alvos pre­fe­ri­dos dos frau­da­do­res, enquan­to aque­les que têm até 25 anos tive­ram a menor inci­dên­cia (7%).

Em outu­bro, todas as uni­da­des fede­ra­ti­vas regis­tra­ram cres­ci­men­to nas ocor­rên­ci­as frau­du­len­tas, com des­ta­que para a região Nor­te, que lide­rou o ran­king com as mai­o­res vari­a­ções em Rondô­nia (3,1%), Ama­zo­nas (2,7%), Acre (2,7%), Tocan­tins (2,6%) e Rorai­ma (2,6%). Em rela­ção aos locais com mais inves­ti­das cri­mi­no­sas, São Pau­lo teve a mai­or par­ti­ci­pa­ção (28,8%) com 241.379.

O indi­ca­dor ain­da mos­trou que ocor­re­ram 3.866 inves­ti­das frau­du­len­tas a cada um milhão de habi­tan­tes no Bra­sil. No recor­te por uni­da­des fede­ra­ti­vas, o Dis­tri­to Fede­ral lide­rou o ran­king (6.376), segui­do por San­ta Cata­ri­na (5.445) e Para­ná (5.251).

Edi­ção: Sabri­na Crai­de

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Caixa libera abono do PIS/Pasep para nascidos em janeiro

Repro­du­ção: © Mar­cel­lo Casal Jr/Agência Brasil/Arquivo Calendário de pagamento segue mês de nascimento ou fim …