...
quarta-feira ,17 abril 2024
Home / Educação / Termina hoje prazo para recursos no Revalida

Termina hoje prazo para recursos no Revalida

Repro­du­ção: © Fabio Rodri­gues Pozzebom/Agência Bra­sil

Primeira etapa do Revalida 2022/2 está prevista para o dia 7 de agosto


Publi­ca­do em 14/07/2022 — 09:04 Por Pedro Peduz­zi — Repór­ter da Agên­cia Bra­sil — Bra­sí­lia

Ouça a maté­ria:

 Ter­mi­na hoje (14) o pra­zo para a apre­sen­ta­ção de recur­sos visan­do nova aná­li­se do diplo­ma que foi apre­sen­ta­do para o Exa­me Naci­o­nal de Reva­li­da­ção de Diplo­mas Médi­cos Expe­di­dos por Ins­ti­tui­ções de Edu­ca­ção Supe­ri­or Estran­gei­ra (Reva­li­da 2022/2).

O resul­ta­do – da pri­mei­ra eta­pa da segun­da edi­ção de 2022 – foi divul­ga­do pelo Ins­ti­tu­to Naci­o­nal de Estu­dos e Pes­qui­sas Edu­ca­ci­o­nais Aní­sio Tei­xei­ra (Inep) no dia 8 de julho, data em que teve iní­cio o perío­do para a apre­sen­ta­ção de recur­sos, que deve ser fei­to por meio do Sis­te­ma Reva­li­da.

“No caso de repro­va­ção da docu­men­ta­ção apre­sen­ta­da, o par­ti­ci­pan­te pode­rá inse­rir novo arqui­vo para aná­li­se. O úni­co docu­men­to acei­to, con­for­me pre­vis­to em edi­tal, é o diplo­ma médi­co ori­gi­nal expe­di­do por ins­ti­tui­ção de edu­ca­ção supe­ri­or estran­gei­ra reco­nhe­ci­da no país de ori­gem pelo Minis­té­rio da Edu­ca­ção ou órgão equi­va­len­te, auten­ti­ca­do pela auto­ri­da­de con­su­lar bra­si­lei­ra ou pelo pro­ces­so da Con­ven­ção sobre a Eli­mi­na­ção da Exi­gên­cia de Lega­li­za­ção de Docu­men­tos Públi­cos Estran­gei­ros”, infor­mou em nota o Inep.

O arqui­vo deve ser digi­ta­li­za­do (fren­te e ver­so) em for­ma­to PDF, PNG ou JPG, com tama­nho de até 2 MB.

A pri­mei­ra eta­pa do Reva­li­da 2022/2 está pre­vis­ta para o dia 7 de agos­to, em oito cida­des bra­si­lei­ras: Bra­sí­lia (DF), Cam­po Gran­de (MS), Curi­ti­ba (PR), Por­to Ale­gre (RS), Reci­fe (PE), Rio Bran­co (AC), Sal­va­dor (BA) e São Pau­lo (SP).

Habilidades

Apli­ca­do pelo Inep des­de 2011, o obje­ti­vo do Reva­li­da é ava­li­ar habi­li­da­des, com­pe­tên­ci­as e conhe­ci­men­tos neces­sá­ri­os para o exer­cí­cio pro­fis­si­o­nal ade­qua­do aos prin­cí­pi­os e neces­si­da­des do Sis­te­ma Úni­co de Saú­de (SUS). O exa­me é vol­ta­do aos que obti­ve­ram diplo­ma de gra­du­a­ção em medi­ci­na expe­di­do no exte­ri­or.

O ato de apos­ti­la­men­to da reva­li­da­ção do diplo­ma é atri­bui­ção das uni­ver­si­da­des públi­cas que ade­ri­rem ao ins­tru­men­to uni­fi­ca­do de ava­li­a­ção repre­sen­ta­do pelo Reva­li­da.

O exa­me é com­pos­to por duas eta­pas (teó­ri­ca e prá­ti­ca) que abor­dam, de for­ma inter­dis­ci­pli­nar, as cin­co gran­des áre­as da medi­ci­na: clí­ni­ca médi­ca, cirur­gia, gine­co­lo­gia e obs­te­trí­cia, pedi­a­tria e medi­ci­na da famí­lia e comu­ni­da­de (saú­de cole­ti­va). Para par­ti­ci­par da segun­da eta­pa, é neces­sá­rio ter sido apro­va­do na pri­mei­ra, que con­tem­pla as pro­vas obje­ti­va e dis­cur­si­va.

As refe­rên­ci­as do exa­me são os aten­di­men­tos no con­tex­to de aten­ção pri­má­ria, ambu­la­to­ri­al, hos­pi­ta­lar, de urgên­cia, de emer­gên­cia e comu­ni­tá­ria, com base na Dire­triz Cur­ri­cu­lar Naci­o­nal do Cur­so de Medi­ci­na, nas nor­ma­ti­vas asso­ci­a­das e na legis­la­ção pro­fis­si­o­nal.

Edi­ção: Valé­ria Agui­ar

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Museu da Língua Portuguesa estreia feira mensal de troca de livros

Repro­du­ção: © Reprodução/Domínio Públi­co Objetivo do evento é estimular hábito da leitura entre os visitantes …