...
quinta-feira ,25 julho 2024
Home / Noticias do Mundo / Terremoto no Japão deixa pelo menos 32 feridos

Terremoto no Japão deixa pelo menos 32 feridos

Repro­dução: © Kyodo/ REUTERS/Direitos reser­va­dos

Tremor, de magnitude 6,1, atingiu área de Tóquio


Pub­li­ca­do em 08/10/2021 — 06:30 Por RTP — Tóquio

RTP - Rádio e Televisão de Portugal

Trin­ta e duas pes­soas ficaram feri­das em um tremor de ter­ra que abalou a área de Tóquio. A Agên­cia Mete­o­rológ­i­ca do Japão (JMA) esti­ma mag­ni­tude de 6,1 e diz que não havia risco de tsuna­mi.

Sen­ti­do em grande parte do leste do Japão, o tremor agi­tou edifí­cios e dis­parou alarmes nos tele­fones das pes­soas para lhes dar tem­po de procu­rar abri­go.

O epi­cen­tro do tremor de ter­ra foi reg­is­ta­do a 80 quilômet­ros de pro­fun­di­dade, na provín­cia de Chi­ba (a leste de Tóquio), de acor­do com a JMA.

Na últi­ma madru­ga­da em Lis­boa, a Agên­cia de Gestão de Catástro­fes e Incên­dios disse que 32 pes­soas ficaram feri­das, a maio­r­ia delas menores.

Foram comu­ni­ca­dos incên­dios em um edifí­cio e em duas refi­nar­ias, mas todos con­ti­dos, acres­cen­taram as autori­dades.

Lin­has de trens locais e de alta veloci­dade foram ime­di­ata­mente sus­pen­sas como medi­da de pre­caução.

Estão sob con­t­role as cen­trais nuclear­es, sem relatórios ime­di­atos de quais­quer anom­alias.

“Por favor, tome medi­das para pro­te­ger a sua vida enquan­to se man­tém a par das últi­mas infor­mações” apelou o novo primeiro-min­istro nipóni­co, Fumio Kishi­da.

O Japão situa-se no “Anel de Fogo” do Pací­fi­co, um arco de inten­sa ativi­dade sís­mi­ca que se estende pelo Sud­este Asiáti­co e a bacia do Pací­fi­co.

Na sem­ana pas­sa­da, um ter­re­mo­to de mag­ni­tude 6.1 foi sen­ti­do ao largo da cos­ta noroeste do país, mas não cau­sou anos.

O Japão con­tin­ua mar­ca­do pelo dev­as­ta­dor ter­re­mo­to e tsuna­mi de 2011 (mais de 18.500 mor­tos), que lev­ou ao desas­tre nuclear de Fukushi­ma.

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Guerra Mundial: entenda riscos de conflito entre Israel e Irã

Repro­dução: © REUTERS/Ronen Zvu­lun Cenário de instabilidade pode levar à guerra global, diz especialista Publicado …