...
quarta-feira ,17 abril 2024
Home / Justiça / TSE retoma julgamento que pode levar à inelegibilidade de Bolsonaro

TSE retoma julgamento que pode levar à inelegibilidade de Bolsonaro

Repro­du­ção: © Mar­ce­lo Camargo/Agência Bra­sil

Sessão está prevista para começar às 19h


Publi­ca­do em 27/06/2023 — 07:32 Por André Rich­ter — Repór­ter da Agên­cia Bra­sil — Bra­sí­lia

ouvir:

O Tri­bu­nal Supe­ri­or Elei­to­ral (TSE) reto­ma nes­ta ter­ça-fei­ra (27) o jul­ga­men­to que pode levar à ine­le­gi­bi­li­da­de do ex-pre­si­den­te Jair Bol­so­na­ro. A ses­são está pre­vis­ta para come­çar às 19h.

Na últi­ma quin­ta-fei­ra (22), pri­mei­ro dia do jul­ga­mento, o TSE ouviu os argu­men­tos apre­sen­ta­dos pelos advo­ga­dos do PDT, par­ti­do que pro­to­co­lou a ação, a defe­sa de Bol­so­na­ro e a acu­sa­ção do Minis­té­rio Públi­co Elei­to­ral (MPE).

O tri­bu­nal jul­ga a con­du­ta do ex-pre­si­den­te duran­te reu­nião com embai­xa­do­res, em julho do ano pas­sa­do, no Palá­cio da Alvo­ra­da, para ata­car o sis­te­ma ele­trô­ni­co de vota­ção. A lega­li­da­de do encon­tro foi ques­ti­o­na­da pela legen­da.

O jul­ga­men­to será reto­ma­do com o voto do rela­tor, minis­tro Bene­di­to Gon­çal­ves. Após o posi­ci­o­na­men­to do rela­tor, os demais minis­tros pas­sam a votar na seguin­te sequên­cia: Raul Araú­jo, Flo­ri­a­no de Aze­ve­do Mar­ques, André Ramos Tava­res, Cár­men Lúcia, Nunes Mar­ques e o pre­si­den­te do Tri­bu­nal, Ale­xan­dre de Mora­es.

Caso algum minis­tro faça pedi­do de vis­ta para sus­pen­der o jul­ga­men­to, o pra­zo para devo­lu­ção do pro­ces­so é de 30 dias, reno­vá­vel por mais 30. Com o reces­so de julho nos tri­bu­nais supe­ri­o­res, o pra­zo subi­rá para 90 dias.

Se for neces­sá­ria mais uma ses­são para jul­gar o caso, o TSE já reser­vou a ter­cei­ra ses­são para quin­ta-fei­ra (29).

Edi­ção: Gra­ça Adju­to

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Lula sanciona, com veto, projeto que proíbe saidinha de presos

Repro­du­ção: © Anto­nio Cruz/Agência Bra­sil Presidente manteve visita de preso do semiaberto a parentes Publicado …