...
quinta-feira ,20 junho 2024
Home / Política / Vice-presidente inaugura sede de organização de cooperação amazônica

Vice-presidente inaugura sede de organização de cooperação amazônica

Repro­du­ção: © Romé­rio Cunha/ VPR

Organização internacional envolve países amazônicos na América do Sul


Publi­ca­do em 21/10/2021 — 19:18 Por Agên­cia Bra­sil — Bra­sí­lia

O vice-pre­si­den­te Hamil­ton Mou­rão par­ti­ci­pou nes­ta quin­ta-fei­ra (21), em Bra­sí­lia, da inau­gu­ra­ção da sede da Orga­ni­za­ção do Tra­ta­do de Coo­pe­ra­ção Amazô­ni­ca (OTCA), um orga­nis­mo inter­go­ver­na­men­tal for­ma­do por oito paí­ses amazô­ni­cos: Bolí­via, Bra­sil, Colôm­bia, Equa­dor, Gui­a­na, Peru, Suri­na­me e Vene­zu­e­la. Esses paí­ses são sig­na­tá­ri­os do Tra­ta­do de Coo­pe­ra­ção Amazô­ni­ca. A OTCA é o úni­co blo­co soci­o­am­bi­en­tal da Amé­ri­ca Lati­na. 

Des­de o iní­cio do ano pas­sa­do, Mou­rão pre­si­de o Con­se­lho Naci­o­nal da Amazô­nia Legal e tem coor­de­na­do as ações do gover­no de enfren­ta­men­to ao des­ma­ta­men­to e de com­ba­te às quei­ma­das no bio­ma, que é a mai­or flo­res­ta tro­pi­cal do pla­ne­ta e alvo da aten­ção inter­na­ci­o­nal.

“Rea­fir­ma­mos, em dife­ren­tes foros inter­na­ci­o­nais, nos­so com­pro­mis­so de fazer da OTCA a orga­ni­za­ção de refe­rên­cia em maté­ri­as de coo­pe­ra­ção regi­o­nal, de diá­lo­go polí­ti­co e de posi­ci­o­na­men­to comum sobre temas da agen­da inter­na­ci­o­nal rela­ti­vos à Amazô­nia”, afir­mou.

“Úni­ca orga­ni­za­ção mul­ti­la­te­ral sedi­a­da em ter­ri­tó­rio bra­si­lei­ro, a OTCA é um patrimô­nio da diplo­ma­cia regi­o­nal e con­ta com vas­ta expe­ri­ên­cia na con­du­ção do diá­lo­go polí­ti­co e da coo­pe­ra­ção regi­o­nal em bene­fí­cio dos paí­ses amazô­ni­cos”, des­ta­cou o vice-pre­si­den­te, duran­te a inau­gu­ra­ção da sede.

No mês pas­sa­do, Mou­rão se reu­niu com um gru­po de diplo­ma­tas, par­la­men­ta­res e jor­na­lis­tas estran­gei­ros no Pará. A comi­ti­va rea­li­zou uma via­gem pela Amazô­nia bra­si­lei­ra para conhe­cer a rea­li­da­de regi­o­nal e as ações públi­cas para pre­ser­va­ção do bio­ma e desen­vol­vi­men­to econô­mi­co da região.

Em seu dis­cur­so, o vice-pre­si­den­te fez um balan­ço à fren­te do Con­se­lho da Amazô­nia, des­ta­can­do as ações das For­ças Arma­das na região, e outras ini­ci­a­ti­vas de gover­no para con­ter atos ilí­ci­tos.

“O gover­no bra­si­lei­ro recor­reu de manei­ra excep­ci­o­nal às For­ças Arma­das para apoi­ar o com­ba­te aos cri­mes ambi­en­tais. Apri­mo­ra­mos os sis­te­mas de moni­to­ra­men­to e apoio à toma­da de deci­são, além de inten­si­fi­car­mos os pro­gra­mas de regu­la­ri­za­ção ambi­en­tal e fun­diá­ria. Auto­ri­za­mos novas con­tra­ta­ções para agên­ci­as de fis­ca­li­za­ção ambi­en­tal e ampli­a­mos o enga­ja­men­to de outras for­ças de segu­ran­ça públi­ca, como a Polí­cia Fede­ral e a For­ça Naci­o­nal, no com­ba­te aos ilí­ci­tos ambi­en­tais.”

“Gra­ças a essas e outras medi­das, con­se­gui­mos rever­ter a tra­je­tó­ria de aumen­to do des­ma­ta­men­to que rece­be­mos no iní­cio do gover­no e esta­mos asse­gu­ran­do as con­di­ções para uma redu­ção mais ace­le­ra­da nos pró­xi­mos meses”, comen­tou.

Edi­ção: Líli­an Beral­do

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Senado aprova PEC sobre criminalização da posse de drogas

Repro­du­ção: © Lula Marques/ Agên­cia Bra­sil Medida inclui na Constituição distinção entre traficante e usuário …