...
sexta-feira ,1 março 2024
Home / Noticias do Mundo / Voo para resgate de mais brasileiros em Gaza decola para o Egito

Voo para resgate de mais brasileiros em Gaza decola para o Egito

Repro­du­ção: © Tânia Rêgo/Agência Bra­sil

tamaraty lista 102 nacionais e familiares interessados em retornar


Publi­ca­do em 09/12/2023 — 08:11 Por Agên­cia Bra­sil — Rio de Janei­ro

ouvir:

O voo que aguar­da­va no Rio de Janei­ro para res­ga­tar mais bra­si­lei­ros que estão na Fai­xa de Gaza deco­lou no iní­cio da manhã des­te sába­do (9) em dire­ção ao Egi­to, infor­mou a For­ça Aérea Bra­si­lei­ra (FAB). Este será o 11º voo de repa­tri­a­ção de bra­si­lei­ros em áre­as de con­fli­to no Ori­en­te Médio na Ope­ra­ção Vol­tan­do em Paz, do Gover­no Fede­ral.

A aero­na­ve KC-30 (Air­bus A330 200) deco­lou da Base Aérea do Galeão às 5h08 e leva a bor­do um car­re­ga­men­to de cer­ca de 11 tone­la­das de ali­men­tos não pere­cí­veis, for­ne­ci­dos pelo Bra­sil para assis­tên­cia huma­ni­tá­ria. O des­ti­no da aero­na­ve será o Aero­por­to Inter­na­ci­o­nal do Cai­ro, capi­tal do Egi­to, em voo dire­to com pre­vi­são de dura­ção de 15 horas.

A deco­la­gem che­gou a ser pre­vis­ta para a últi­ma quin­ta-fei­ra, mas a Aero­náu­ti­ca expli­cou que era neces­sá­rio aguar­dar auto­ri­za­ção para que os bra­si­lei­ros atra­ves­sas­sem a fron­tei­ra da Pales­ti­na com o Egi­to.

Mais de 100 brasileiros

O Minis­té­rio das Rela­ções Exte­ri­o­res, por meio do Escri­tó­rio de Repre­sen­ta­ção em Rama­lá, lis­ta 102 bra­si­lei­ros e fami­li­a­res pró­xi­mos de bra­si­lei­ros inte­res­sa­dos em repa­tri­a­ção a par­tir da Fai­xa de Gaza.

A soli­ci­ta­ção para saí­da des­te novo gru­po da Fai­xa de Gaza pelo Por­tal de Rafah em dire­ção ao Egi­to foi apre­sen­ta­da em novem­bro, e o gover­no bra­si­lei­ro aguar­da auto­ri­za­ção dos paí­ses res­pon­sá­veis pela orga­ni­za­ção da saí­da de estran­gei­ros de Gaza para dar iní­cio ao pro­ces­so de repa­tri­a­ção.

Coor­de­na­do com a Embai­xa­da em Tel Aviv, o escri­tó­rio bra­si­lei­ro em Rama­lá trans­por­tou vári­os inte­gran­tes do gru­po de outros pon­tos do encla­ve até Rafah, onde estão mais de 80 bra­si­lei­ros e fami­li­a­res pró­xi­mos, a mai­or par­te deles em casas alu­ga­das pelo Ita­ma­raty para abri­gá-los.

O minis­té­rio infor­ma ain­da que per­ma­ne­ce em con­ta­to cons­tan­te com o gru­po e ofe­re­ce gêne­ros de pri­mei­ra neces­si­da­de, abri­go, trans­por­te e aten­di­men­to psi­co­ló­gi­co remo­to.

Primeiro grupo

A pri­mei­ra leva de bra­si­lei­ros que veio de Gaza che­gou ao país no últi­mo dia 13 de novem­bro, tam­bém em voo que saiu do Cai­ro em dire­ção ao Bra­sil.

O voo trou­xe 22 bra­si­lei­ros de nas­ci­men­to, sete pales­ti­nos natu­ra­li­za­dos bra­si­lei­ros e três pales­ti­nos fami­li­a­res pró­xi­mos. Dos 32 repa­tri­a­dos, 17 são cri­an­ças, nove mulhe­res e seis homens.

Conflito

No dia 7 de outu­bro, o Hamas, que con­tro­la a Fai­xa de Gaza, lan­çou um ata­que sur­pre­sa de mís­seis con­tra Isra­el e a incur­são de com­ba­ten­tes arma­dos por ter­ra, matan­do civis e mili­ta­res e fazen­do cen­te­nas de reféns isra­e­len­ses e estran­gei­ros. Em res­pos­ta, Isra­el bom­bar­de­ou vári­as infra­es­tru­tu­ras do Hamas, em Gaza, e impôs cer­co total ao ter­ri­tó­rio, com o cor­te do abas­te­ci­men­to de água, com­bus­tí­vel e ener­gia elé­tri­ca.

Os ata­ques já dei­xa­ram milha­res de mor­tos, feri­dos e desa­bri­ga­dos nos dois ter­ri­tó­ri­os. A guer­ra entre Isra­el e Hamas tem ori­gem na dis­pu­ta por ter­ri­tó­ri­os que já foram ocu­pa­dos por diver­sos povos, como hebreus e filis­teus, dos quais des­cen­dem isra­e­len­ses e pales­ti­nos.

Edi­ção: Vini­cius Lis­boa

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Sindicatos argentinos farão protestos contra corte de 7 mil servidores

Repro­du­ção: © REUTERS/Agustin Marcarian/Direitos Reser­va­dos Medida de austeridade foi anunciada pelo governo Milei Publi­ca­do em …