...
sexta-feira ,1 março 2024
Home / Noticias / Turismo espera igualar número de visitantes estrangeiros pré-pandemia

Turismo espera igualar número de visitantes estrangeiros pré-pandemia

Repro­du­ção: © Fabio Rodri­gues-Poz­ze­bom/ Agên­cia Bra­sil

Cerca de 5 milhões de turistas estiveram no Brasil em 2023


Publi­ca­do em 15/12/2023 — 17:58 Por Alex Rodri­gues — Repór­ter da Agên­cia Bra­sil — Bra­sí­lia

ouvir:

Cer­ca de 5 milhões de estran­gei­ros visi­ta­ram o Bra­sil em 2023. Só entre janei­ro e setem­bro, estes visi­tan­tes inje­ta­ram em tor­no de R$ 25 bilhões na eco­no­mia naci­o­nal. A expec­ta­ti­va de auto­ri­da­des fede­rais e agen­tes do setor é que o total de turis­tas inter­na­ci­o­nais vol­te a atin­gir a casa dos 6 milhões ain­da este ano, con­so­li­dan­do a ten­dên­cia de reto­ma­da do rit­mo pré-pan­de­mia da covid-19. Em 2019, por exem­plo, o país rece­beu 6,35 milhões de estran­gei­ros. No ano pas­sa­do, foram meros 3,6 milhões.

Brasília, DF 15/12/2023 O presidente da Embratur, Marcelo Freixo durante abertura do Salão Nacional do Turismo, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil
Repro­du­ção: Mar­ce­lo Frei­xo pre­vê que país vai ter­mi­nar 2023 com recor­de de arre­ca­da­ção com turis­mo inter­na­ci­o­nal– Fabio Rodri­gues-Poz­ze­bom/ Agên­cia Bra­sil

“Tudo indi­ca que vamos che­gar a dezem­bro baten­do o recor­de de arre­ca­da­ção com o turis­mo inter­na­ci­o­nal, pas­san­do a mar­ca de R$ 34 bilhões”, dis­se o pre­si­den­te da Agên­cia Bra­si­lei­ra de Pro­mo­ção Inter­na­ci­o­nal do (Embra­tur), Mar­ce­lo Frei­xo, duran­te a cerimô­nia de aber­tu­ra do 7º Salão Naci­o­nal do Turis­mo, even­to que acon­te­ce até domin­go (17), no Está­dio Mané Gar­rin­cha, em Bra­sí­lia

Segun­do o minis­tro do Turis­mo, Cel­so Sabi­no, com a reto­ma­da das via­gens, o setor vol­tou a gerar vagas de tra­ba­lho e a movi­men­tar a eco­no­mia em todo o mun­do, tra­zen­do boas pers­pec­ti­vas para o Bra­sil. “Os núme­ros [resul­ta­dos atu­ais] ten­dem a aumen­tar com o país à fren­te da lide­ran­ça do G20, gru­po que reú­ne as mai­o­res eco­no­mi­as mun­di­ais, e com as quais tere­mos vári­os con­ta­tos, aqui, em 2024”, decla­rou o minis­tro.

Brasília, DF 15/12/2023 O ministro do Turismo, Celso Sabino, durante abertura do Salão Nacional do Turismo, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil
Repro­du­ção: Cel­so Sabi­no defen­de que o turis­mo será a ati­vi­da­de com mai­or gera­ção de empre­go– Fabio Rodri­gues-Poz­ze­bom/ Agên­cia Bra­sil

Para o minis­tro, o turis­mo vai ser a ati­vi­da­de que mais vai gerar empre­gos e ren­da e que “vai colo­car o Bra­sil no pata­mar de desen­vol­vi­men­to em que ele mere­ce estar”,

O pre­si­den­te da Embra­tur res­sal­tou que o turis­mo do país cor­res­pon­de a 8% do PIB [Pro­du­to Inter­no Bru­to, soma de todas as rique­zas pro­du­zi­das no país],  e empre­ga 7,9 milhões de pes­so­as. “Não é pos­sí­vel não ter­mos, em cada cida­de, na cabe­ça de cada par­la­men­tar, a [noção de] pri­o­ri­da­de que deve ser dada ao turis­mo enquan­to mode­lo fun­da­men­tal de gera­ção de empre­go e ren­da com sus­ten­ta­bi­li­da­de. O Bra­sil pre­ci­sa olhar para o mun­do e abrir suas por­tas”, fina­li­zou Frei­xo.

Conselho

Clas­si­fi­ca­do como “a mai­or vitri­ne de expe­ri­ên­ci­as e rotei­ros do setor do Brasil”,o Salão Naci­o­nal do Turis­mo reú­ne expo­si­to­res de vári­os esta­dos e muni­cí­pi­os bra­si­lei­ros divi­di­dos em cin­co gran­des eixos: turis­mo de natu­re­za; turis­mo rural; sol e praia; turis­mo cul­tu­ral e turis­mo de ten­dên­ci­as. A entra­da é gra­tui­ta.

Pro­mo­vi­do pelo Minis­té­rio do Turis­mo e pela Embra­tur, em par­ce­ria com a Secre­ta­ria de Turis­mo do Dis­tri­to Fede­ral; Ban­co do Bra­sil; Finan­ci­a­do­ra de Estu­dos e Pro­je­tos (FINEP); Sesc; Senac e Sebrae, o even­to tam­bém con­ta com pales­tras e deba­tes rela­ci­o­na­dos à ati­vi­da­de turís­ti­ca, além de atra­ções cul­tu­rais, gas­tronô­mi­cas e musi­cais.

Brasília, DF 15/12/2023 O ministro do Turismo, Celso Sabino, o secretário-geral da OMT, Zurab Pololikashvili, o presidente da Embratur, Marcelo Freixo e o presidente da Câmara, Arthur Lira, durante abertura do Salão Nacional do Turismo, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil
Repro­du­ção: Minis­tro do Turis­mo, Cel­so Sabi­no, o secre­tá­rio-geral da OMT, Zurab Polo­li­kash­vi­li, o pre­si­den­te da Embra­tur, Mar­ce­lo Frei­xo e o pre­si­den­te da Câma­ra, Arthur Lira, duran­te aber­tu­ra do Salão Naci­o­nal do Turis­mo, no Está­dio Mané Gar­rin­cha, em Bra­sí­lia. Foto: Fabio Rodri­gues-Poz­ze­bom/ Agên­cia Bra­sil — Fabio Rodri­gues-Poz­ze­bom/ Agên­cia Bra­sil

Ama­nhã (16), o salão sedi­a­rá uma reu­nião do Con­se­lho Naci­o­nal de Turis­mo (CNT), com a pos­se de novos con­se­lhei­ros. “A nova com­po­si­ção do cole­gi­a­do resul­ta de um pro­ces­so sele­ti­vo que bus­cou ampli­ar a par­ti­ci­pa­ção da soci­e­da­de civil a fim de qua­li­fi­car o deba­te téc­ni­co para a imple­men­ta­ção de polí­ti­cas públi­cas”, afir­mou o minis­tro Cel­so Sabi­no, des­ta­can­do que cabe­rá ao con­se­lho dis­cu­tir o Pla­no Naci­o­nal de Turis­mo que deve­rá vigo­rar entre 2024 e 2027.

“Em janei­ro, que­ro que este­ja­mos todos jun­tos nova­men­te para lan­çar­mos este novo pla­no, com metas e estra­té­gi­as efi­ci­en­tes para mudar­mos o pata­mar do turis­mo no nos­so Bra­sil”, comen­tou o minis­tro.

Edi­ção: Ali­ne Leal

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Bolsonaro volta a pedir afastamento de Moraes de inquérito sobre golpe

Repro­du­ção: © Mar­ce­lo Camargo/Agência Bra­sil Recurso deverá ser apreciado pelo presidente do STF Publi­ca­do em …