...
domingo ,16 junho 2024
Home / Noticias / Ciclone Akará perde força e retorna a estágio de depressão tropical

Ciclone Akará perde força e retorna a estágio de depressão tropical

Repro­du­ção: © NOAA/NASA

Fenômeno no sul do Brasil chegou a ser considerado tempestade tropical


Publi­ca­do em 21/02/2024 — 08:48 Por Agên­cia Bra­sil — Rio de Janei­ro

ouvir:

O ciclo­ne Aka­rá, que atua no lito­ral sul do Bra­sil des­de o fim da últi­ma sema­na, per­deu for­ça nes­sa ter­ça-fei­ra (20) e pas­sou a ser clas­si­fi­ca­do como depres­são tro­pi­cal, segun­do bole­tim mete­o­ro­ló­gi­co das 21h da Mari­nha. O fenô­me­no foi detec­ta­do na sex­ta-fei­ra (16) e evo­luiu para a cate­go­ria de tem­pes­ta­de tro­pi­cal, na segun­da-fei­ra (19).

Como sua ocor­rên­cia se res­trin­giu ao alto-mar, não cau­sou impac­tos no con­ti­nen­te. Ciclo­nes são sis­te­mas de área de bai­xa pres­são atmos­fé­ri­ca em seu cen­tro, com cir­cu­la­ção fecha­da, em que os ven­tos sopram para o seu inte­ri­or.

Eles podem ser clas­si­fi­ca­dos em diver­sas cate­go­ri­as, em que a mais leve é a per­tur­ba­ção tro­pi­cal, e a mais inten­sa o fura­cão. A depres­são tro­pi­cal é a segun­da cate­go­ria, carac­te­ri­za­da por ven­tos de até 60 quilô­me­tros por hora (km/h), enquan­to a tem­pes­ta­de tro­pi­cal pode cau­sar ven­tos de até 116 km/h, de acor­do com o Ins­ti­tu­to Naci­o­nal de Mete­o­ro­lo­gia (Inmet).

Tem­pes­ta­des tro­pi­cais podem evo­luir para fura­cões, que têm ven­tos com inten­si­da­de mai­or, como foi o caso do Cata­ri­na, que atin­giu o Sul do país em 2004.

De acor­do com a Mari­nha, tem­pes­ta­des tro­pi­cais são raras no lito­ral bra­si­lei­ro. O Aka­rá foi ape­nas o ter­cei­ro regis­tro do fenô­me­no no Bra­sil.  Antes dele, foram obser­va­dos o Cata­ri­na (que antes de se tor­nar fura­cão foi tem­pes­ta­de tro­pi­cal), em 2004, e o Iba, em 2019.

Edi­ção: Gra­ça Adju­to

LOGO AG BRASIL

Você pode Gostar de:

Sobe para 175 o número de mortos no RS após enchentes

Repro­du­ção: © Rafa Neddermeyer/Agência Bra­sil Dois corpos foram encontrados em Teutônia e Agudo Publicado em …